Irresistible Capitulo 10 - O verdadeiro Harry Styles


Já fazia uma hora que Bel estava dentro daquele banheiro, à garota agora vestia um roupão que supôs ser de Harry, olhava-se no espelho a cada cinco minutos tentando de alguma forma passar o tempo. Harry e Taylor não transavam mais, mas Bel podia ouvi-los conversar coisas de namorados e aquilo já estava irritando Annabel, que já no controlava os bocejos de tédio, a qualquer minutos bel se irritaria e sairia dali sem ligar se a irmã a notaria ou não.
Bel bufou mais uma vez e voltou a sentar no chão frio, encolheu-se e por um momento quis chorar, o motivo? Bem ela não sabia, mas sabia que era relacionando a tudo aquilo. A Vida de Bel nunca fora fácil, a menina parece atrair o errado para perto, ela as vezes acha que gosto de estar em encrenca, mas o que ela sempre quer é estar em paz, ela queria poder apagar tudo do passado, todos os erros, todas as noites que se afogou em bebidas, todas as noites em que não fora ela e sim uma vadia sedenta por drogas.


Bel nem sempre foi desse jeito, irônica, mandona a legitima ovelha negra, Bel era uma garota doce e romântica no passado, mas bastaram alguns delisses para tudo ser como é hoje, tudo que ela é hoje fora resultados de grandes erros do passado, erros esses sendo dela e das pessoas ao seu redor.

- Taylor foi embora. – falou Harry entrando no banheiro e despertando Bel dos pensamentos que secou as lagrimas que corriam de seus olhos. A garota levantou-se e disse firme.
- eu também vou.
- não Bel peraí, nós. – falou Harry indo ate Bel que se vestia, a garota logo o interrompeu.
- nós nada Harry, quer saber isso que fizemos nesses dias foi errado e eu acho não que devemos nos ver mais e fazer o que fazíamos.
- como assim vão bancar uma de menina boa agora? – perguntou Harry segurando o braço de bel.
- está me machucando Harry. – disse Bel tentando soltar o braço.
- cala a boca vadia. – falou Harry. – você não vai embora coisa nenhuma, vai ficar bem quietinha abrir essas pernas pra mim sem reclamar. – disse Styles num tom rude ao qual Bel nunca havia o ouvido usar, o rapaz jogou bel na cama e logo se colando sobre ela, Bel estava assustada, não acreditava que aquilo era verdade.
- Harry me solta. – pediu ela tentando o tirar de cima dela.
- xiiiu, quietinha apenas curta o momento.
- eu não quero transar com você. – falou Bel empurrando Harry de cima dela, numa tentativa falha claro, Harry tinha o dobro da força da garota.
- você não tem que quer nada, apenas gema meu nome enquanto eu fodo’ você. – disse ele desamarrando o roupão que Bel usava. Harry se encontrava penas com uma boxer branca onde já podia notar o volume do sue membro.

Annabel não conseguiu segurar o pavor e seu choro escorreu pelo rosto, ela virou o mesmo para Harry não ver suas lagrimas, a garota achava fraqueza quando chorava. Ela odiava que a vissem chorar.
Harry nem se importou com o desespero da garota, apenas era levado pela vontade de tela gemendo para ele, era impossível controlar isso.

- Harry, por favor, não faça isso. – pediu Bel assim que viu que Harry iria penetre-la.
- fique calma você vai amar. – falou Harry sorrindo.
- eu não quero. – disse Bel se sacudindo dificultando a penetração de Harry.
- pare quieta vadia. – falou Harry dando uma tapa forte no rosto de bel, fazendo a mesma o olhar assustada parando com os movimentos bruscos e deixando Harry a invadir, a garota não sentia prazer algum naquilo, a única coisa que sabia fazer era chorar, Harry estava abusando dela e aquilo era horrível, era um sentimento de impotência grande que a garota sentia além de se sentir suja por não fazer nada para impedir, mas ela tentou, mas como vencer um homem do dobro de força dela? Era quase impossível.

[...]

Depois de minutos possuindo o corpo de Bel Harry urrou e saiu de dentro da garota, se jogou ao seu lado e suspirou recuperando a respiração com os olhos fechados.
Bel olhou o rapaz e segurou para não soca-lo, ela queria mata-lo, queria faze-lo pedir perdão de joelhos, mas naquele momento estava impossível, pois seu corpo doía muito, por conta das fortes entocada de Harry, sua intimidade latejava e ardia, um dor insuportável.

Annabel queria poder levantar, mas estava impossível fazer tal ato, seu corpo estava imerso em dores e era impossível mexer um músculo. Então ela redeu-se, teria que ficar ali ate as dores passarem, Harry agora se encontrava dormindo, já devia ser de noite pois a escuridão já tomava o quarto, então Annabel apenas puxou um lençol e cobriu seu corpo, olhou o teto e deixou as lagrimas rolarem, ela não acreditava que aquilo tinha acontecido, de novo.


Hey babes ai está mais um capitulo espero que tenham gostado e que comentem muito. 
PS: amo os comentários de vocês ♥♥
Kissus ♥

Continua com 10 comentários 


11 comentários :

Rachel Batista disse... Responder

Acho que essa é a sua melhor fic até agora!! Ta muito perfeita. CONTINUAAAAAAAAA jghnarjhndikjarnghaikrngikaewrg

Andre Morette disse... Responder

Putz, por essa eu não esperava!!! O Harry é pior do que eu pensava!! Continua logo!! ;)

Anônimo disse... Responder

OMGGGGG CONTINUA PFV

Anônimo disse... Responder

Oi!! Leitora nova!!
Enfim, gostaria de flar que acompanho o blog desde uns 6 meses atras, mas nunca comentei.
E tbm queria falar q vc tem tipo... Uma imaginação de ouro. Serio vey, vc tem mt criatividade

-Thais

Anônimo disse... Responder

Amei

Anônimo disse... Responder

Mds, Harry desgraçado D: continua

Anônimo disse... Responder

pfto

Anônimo disse... Responder

Continua rapido pfv

Anônimo disse... Responder

Continua
#esperando #o #proximo #cap.

Anônimo disse... Responder

<3 Continua, a Tay vai pegar eles em algum momento?

Anônimo disse... Responder

Que triste cara :'(

Postar um comentário