Irresistible Capitulo 11 - Tudo de novo não


Bel On

- Levanta vadia. – ouvi a voz rouca de Harry, abri meus olhos e o vi ao meu lado na cama ele tinha a cara amassada parecia recém ter acordado.
- que horas são? – perguntei me ajeitando na cama, puxei o lençol para me cobrir, pois estava nua.
- hora de você ir embora, vai levanta dai e se veste. – disse ele caminhando ate o banheiro.
Eu o observei entrar no cômodo e assim que ele fechou a porta me levantei rápido sentindo meu corpo doer todo por conta de ontem. Peguei minha roupa no chão e comecei a vestir-me, parei por um instante assim que observei meu corpo através do espelho na parede, minhas cochas tinham marcas roxas com alguns tons de verde. Eu não podia acreditar que havia deixado aquilo acontecer, vesti minha calça e logo a minha blusa, peguei minha bolsa e sai com meus sapatos na mão em direção a saída do apartamento, não suportava ficar mais nenhum minuto ali, tudo me fazia lembrar da pequena surra que levei de Harry ontem a noite antes dele me estuprar.


Eu desci os andarem pelas escadas de incêndio, não queria esperar o elevador chegar eu apenas queria sair logo dali, assim que cheguei ao térreo corri desesperada para fora, parei na calçada e olhei para cima quatro andar, onde Harry morava, a porta da sacada estava aberta e eu me via ali atirando Harry para o mesmo cair na calçada de cimento, morto sem vida, mas era apenas uma ilusão do meu ódio.

Comecei a caminhar sem rumo, para casa eu não voltaria, eu me sentia suja e não conseguiria os encarar, passei a mão em meus cabelos, e calcei desajeitadamente meus calçados me segurando na parede de algum prédio desconhecido, olhei para frente e vi meu carro ao qual tinha estacionado um pouco longe do prédio para não deixar suspeita, abri a porta do velho Chevrolet preto, jogou a bolsa sobre o banco do passageiro e jogou-se a frente do volante se apoiou no mesmo e deixou as lagrimas descerem como um rio volumoso, ela não acreditava que tudo acontecia novamente.

Flashback On

Annabel tragava um cigarro de maconha enquanto recebia um afago nos cabelos de Robert', o seu vamos dizer “caso”, Rob era um traficante famoso na região e tinha como brinquedo preferido Bel, a garota fazia qualquer pelo garoto, era como o pau mandado de Robert.
- sabe que essa folha faz sua divida aumentar. – balbuciou Robert puxando o cabelo de Bel um pouco forte, fazendo a garota arfar.
- eu vou pagar minha divida. – disse Bel baixo suspirando por conta da dor.
- a querida Bel você não serve nem para foder. – disse o rapaz ríspido.
- eu sou sim, você ama quando eu estou sobre você gemendo. – falou a garota convicta.
- é não posso negar que você me faz gozar como nenhuma outra. – falou o rapaz a colocando na parede.
- então?– falou a garota confusa.
- mas você não é a melhor Annabel. – disse o homem tirando o cigarro dos lábios de Bel o jogando no chão e pisando no mesmo.
- por que fez isso? – perguntou ela incrédula num grito.
- isso é meu, fui eu quem roupou então faço o que eu quero, e você cala a boca vadia. – disse ele dando-lhe uma tapa na cara. Bel o olhou incrédula, Robert nunca havia a batido antes.
- por que fez isso? – perguntou ela já sentindo os olhos marejados.
- por que você é minha vadia e eu faço o que quero com você. – falou ele grudando os lábios no pescoço dela, Bel se remexeu tentando se livrar dele, mas foi impedida pelo peso de Robert que a cada minuto avançava mais naquilo.
Ele ia mesmo a estuprar? Bel não podia acreditar.

Flashback Off

Ao lembrar daquilo dei um soco no volante e gritou.
- eu prometi que isso nunca mais aconteceria, eu sou uma fraca, uma idiota.
Eu chorava já mal podendo ver as coisas a minha frente por conta dos olhos estarem embaçados pelas lagrimas.

O meu choro fora interrompido meu celular chamando, tirei o mesmo da bolsa e vi no visor o nome de Taylor e naquele momento gritei um vai se foder e joguei o telefone no banco de trás. O que menos eu queria naquele momento era falar com alguém, ainda mais se esse alguém fosse a minha irmã idiota. Eu queria que o mundo se explodisse.



OMG 11 comentários, serio isso? Ai fiquei super feliz muito obrigada a quem comentou, fiquei super feliz ♥
Eu amo os comentários de vocês, amo tanto que trouxe outro capitulo para vocês. Beijos e espero que tenham gostado.
Ps: imagine o Robert como esse boy aqui <imagen>
Continua com 10 comentários



11 comentários :

Andre Morette disse... Responder

Putz, mas que tenso isso!!! Eu pensei que a fic ia pegar um caminho diferente mas agora já está me surpreendendo!! E do jeito bom!! Continua por favor!! Já, já tem capítulo de Nothing is the Same!! Aguardem!! ;)

rayssa vasconcelos disse... Responder

continua pfv ta muito perfeito, eu amo a forma q vc escreve vc consegue passar a emoção do personagem pra gente
#Ansiosapelopróximo

Luiza Fernandes disse... Responder

amo a sua fic,continua logo!!!!!!!!!!!!!!

Rachel Batista disse... Responder

Kra essa fic ta totalmente imprevisível, ta mtoooooo boa, isso sim é fic digna de se ler hahahahah continuaaa :)

Anônimo disse... Responder

Omg, que perfeito. Como eu disse vc tem uma criatividade que vale ouro
-Thais

Anônimo disse... Responder

Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Anônimo disse... Responder

Ele vai continuar maltratando a Bel?
continua

Anônimo disse... Responder

PFV CONTINUA

Anônimo disse... Responder

Serio, continua

Anônimo disse... Responder

OMG EU TO ODIANDO O HARRY

Anônimo disse... Responder

continuua

Postar um comentário