Longfic E Se...- 1º Capitulo (Harry Styles)


"O fato é... Cada um de nós é a soma dos momentos que já tivemos. E de todas as pessoas que já conhecemos. E são esses momentos que se tornam nossa história."

Holmes Chapel,  Janeiro de 2011..

Tudo aconteceu naquele pequeno vilarejo da cidade de Cheshire-Inglaterra. O jovem Styles caminhava com as mão no bolso para mais um dia de trabalho, diferente da maioria dos garotos da sua idade Harry já possuía um emprego e já não mais frequentava a escola, havia concluído os estudos no ano passando, um ano antes do previsto, o que ao ver do rapaz era ótimo. Desde o termino do ensino médio, Harold, ou Harry como gosta de ser chamado, começou a dedicar-se mais ao seu simplório emprego de balconista na pequena padaria da vila, o estabelecimento tinha por dona uma dócil senhora chamada Bárbara, que sempre tinha ótimos conselhos e um sincero sorriso.

- bom dia Bárbara. – gritou Harry assim que entrou pela porta dos funcionários da pequena padaria.

- hey docinho, chegou cedo, ainda são 06h30min – respondeu a senhora apertando as bochechas do garoto, um ato que sempre fazia e que irritava o jovem.

- eu precisava andar um pouco então fiz isso antes de vir para cá, mas está muito frio lá fora. – comentou Harry aconchegando-se no casaco.

- estamos na Inglaterra e ainda é inverno. – falou Bárbara aos risos.

- eu odeio o frio. – comentou o rapaz tirando as luvas e colocando seu “uniforme”, que era composto por um avental verde com listras verticais e um pequeno quepe para proteger as guloseimas de seus sedosos cachos.

- não acho que receberá alguém a essa hora. As pessoas desse vilarejo, em dias como esse se tornam preguiçosas, venha, tenho chocolate quente lá dentro e também quero que conheça alguém. – disse a velha mulher sorrindo amigavelmente a Harry, que apenas assentiu e seguiu a senhora ao interior do lugar, que logo atrás abrigava a pequena, mas aconchegante moradia de Bárbara.

Ao entrar na pequena cozinha, viu uma cabeleira desconhecida, era um tom escuro nunca visto pelo rapaz. Assim que se aproximou mais pode ver uma garota, rosto fino e bronzeado, olhos claros, em um tom de avelã, a mesma tentava de todo modo esquentar-se do frio a frente da pequena lareira, tinha sobre si um cobertor e nas mãos um caneca cheia até a metade de um delicioso e cheiroso chocolate quente.

- Harry, eu quero que conheça Maia, minha afiliada, ela veio do Brasil onde mora com a avó materna. – comentou a mulher mais velha, fazendo a garota levantar de onde estava sentada e cumprimentar Harry com um beijo na bochecha que quase se tornara um selar de lábios, fazendo ambos ficarem corados.

- é um prazer conhece-la Maia. – disse Harry assim que os dois se afastaram.
- o p-prazer é todo meu. – disse a garota em alguns fraquejo na fala.

- bom, sente-se querido, vou lhe trazer uma caneca cheia de chocolate quente.

Harry nada disse apenas sorri para Bárbara e sentou em diagonal com a bela garota de nome Maia.
- hã hã – pigarreou. – então veio do Brasil? – perguntou Harry, e odiou-se por dizer algo tão não criativo.
- sim. – disse a garota evitando olhar nos olhos verdes do belo rapaz de cachos.

Alguns dias depois...

- Maia, Maia. – gritava Barbará pela afilhada que estava nos fundos da casa colocando algumas roupas no varal.

- o que aconteceu? – indagou a garota olhando a madrinhas descer os degraus da pequena escada, um pouco apresada.

- ai menina há bons minutos que lhe chamo, preciso que ajude Harry lá na frente para eu ir ao branco. – disse a mulher agora um pouco mais calma.

- tudo bem, eu só irei terminar isso e já estou indo. – proferiu a moço, voltando a colocar as peças de roupa no varal. E aquilo durou exatos três minutos, e assim que terminou secou as mãos um pouco encharcadas em uma pequena toalha que ficava pendurada ao lado da porta dos fundos. Ajeitou os cabelos e olhou-se através de uns dos inúmeros porta-retratos que havia no corredor, desemaçou as roupas e cheirou-se para certificar-se de que não cheirava mal. Maia achava estranho agir assim, mas sempre que o assunto era estar perto de Harry Styles ela se policiava para que tudo estivesse em ordem, e quando digo tudo, refiro-me ao seu estado, se suas roupas estar limpas, se está cheirosa e se o seu cabelo está bom.

- maia. – a garota ouviu a voz de Styles então rapidamente parou de se examinar e caminhou até a padaria, lá encontrando alguns poucos clientes, mas que já deixavam Harry atarefado e necessitando de ajuda.
- por favor, me dá uma forcinha’ aqui. – pediu Harry indicando duas jovens que esperavam para pagar seus cupcake de morangos, os preferidos de Harry.

As duas garotas, que em certos momentos olhavam Harry e cochichavam o que deixava Maia um pouco desconfortável, pois aquelas garotas pareciam falar de Harry. Por um momento a garota fitou Harry, e notou que o mesmo sorria para as tais garotas, o que apenas a deixou mais brava, ela não gostava daquilo.

- são quatro libras. - disse Maia com a voz carregada de irritação, o que deixou as duas meninas confusas, mas as mesmas nada disseram apenas pagaram seus doces e saíram da padaria.

[...]

- a tarde foi longa. – comentou Harry ajudando Maia a fechar o estabelecimento. Styles varria o local, enquanto Maia guardava os poucos produtos que haviam sobrado daquele dia.

- é foi sim. – disse Maia, tentando ao máximo ignorar Harry, ela estava zangada com ele, mesmo aquilo sendo idiota, eles não eram nada.

Styles notando o jeito diferente da garota, perguntou.
- aconteceu algo?

Não obtendo resposta largou a vassoura e pegou Maia pelo braço a virando pra ele, fazendo assim a garota o fitar.

- o que aconteceu? Fiz-te algo? – questionou Harry, olhando fundo nos olhos claros da garota, olhos em um tom avelã tão perfeito que causava algo no estomago de Harry.

- n-nada, eu só quero terminar isso logo. – disse Maia desviando o olhar de Harry, pois quando ela o fitava sentia o rosto ruborizar e as pernas bambas.

A garota tentou se soltar de Harry, mas o garoto em um ato impensado a puxou para ele e beijo-a. Desde que havia a visto sentada na frente daquela lareira tentando se aquecer do frio soube que queria fazer isso nela, beija-la, toca-la, tê-la perto dele.

Beijo, era uma mistura de timidez e fogo, Harry escorregava suas mãos pela cintura da jovem enquanto ela acariciava a nuca do rapaz, os corpos de ambos se arrepiavam com os toques, e os dois também sentiam borboletas no estomago. Maia sentia as pernas bambas e se Harry tira-se a mão de sua cintura ela certamente cairia, e Harry sentia o coração a celerado, como nunca antes, ele estava começando a descobrir que gostava de sentir aquilo, e também que isso só acontecia quando Maia estava perto dele.

Por um momento Harry findou o beijo, colou a testa junto a de Maia e permaneceu de olhos fechados, tinha a respiração ofegante como a dela, e não queria a soltar mais.
Respirou fundo, abriu os olhos e viu a garota o fitando com um lindo sorriso nos lábios, ele sorriu também e então disse em um sussurro.

- eu acho que estou amando você. – ao final disse sorriu, fazendo Maia sorri também e ali iniciar um novo beijo, mas este parecia mais voraz, tinha luxuria nele, um luxuria um pouco preocupante. Ambos desfrutavam dela.

De momento Harry pegou Maia pela cintura e a enlaçou em sua cintura, e em passos cegos andou para a parte da casa, ele conhecia a casa de Barbara tão bem, que não foi difícil achar o quarto onde Maia está vivendo. Um pequeno cômodo, uma cama, um pequeno roupeiro embutido na parede e uma velha escrivaninha.

Em passos leves sentou-se na cama com a garota sobre seu colo, parou o beijo por um momento e a fitou, sorriu e sussurrou.

- quer cometer uma loucura?

Maia apenas sorriu e fez Harry deitar-se, levou as mãos na barra de sua blusa e a tirou, deixando a mostra seu sutiã preto com renda, o que fez Harry sorrir, adorava lingerie preta, e agora ainda mais depois de ver como preto ficava tão lindo em contraste com a pele daquela garota, aquela incrível e bela garota.

[...]

Maia olhava algumas gotas de chuva escorregarem pela janela, estava aconchegada nos braços de Harry enquanto o mesmo dormia, depois do que aconteceu o rapaz conseguiu permanecer apenas alguns minutos acordado e depois caiu em sono profundo, Maia por sua vez não conseguia dormir, mal acreditava no que havia acontecido minutos atrás, fitava a janela relembrando de cada segundo, de como Styles havia sido um cara incrível, como tudo havia sido incrível.

Foi desperta de seus pensamentos, por passos que vinham da cozinha, levantou-se, pôs um casaco por conta do frio e calçou as pantufas e seguiu até a cozinha, encontrando lá a madrinha, que colocava algumas comprar sobre a mesa, o que a deixou um pouco nervosa, Harry estava em sua cama e se a velha Barbara soube-se o que havia acontecido, poderia pesar mal de Maia.

-boa noite querida, eu me atrasei um pouco, choveu bastante e a estrada ficou um pouco ruim. – comentou Barbara sorrindo, Maia tentou retribuir com um sorriso, mas não consegui, só conseguia se preocupar com Harry deitado em sua cama e com apenas uma cueca boxer.

- e como foi a tarde? Ocorreu tudo bem? – indagou a senhora guardando as comprar.
-aham. – balbuciou Maia, começando a ajudar a madrinha.

- Bom, vou terminar de guardar isso e tomar um banho e me deitar, estou muito cansada. – comentou Barbara em meio aos bocejos. Maia apenas assentia, limitava a falar palavras monossilábicas, mas não passava disso, ajudou a por a ultima compra no lugar e voltou correndo para seu quarto, fechou a porta e virou-se se encostando nela, enquanto respirava fundo de olhos fechados.

- hey o que aconteceu? – perguntou Harry vendo Maia naquele estado, estava pálida e sua respiração acelerada.

- Barbara, ela chegou. – disse a garota indo até a cama e sentando ao lado de Harry.
- hei não fique desse jeito, ela não vai me notar aqui, logo que ela for dormir eu saio de fininho, não se preocupe. – comentou o rapaz abraçando a garota de lado e selando-a.

Aquilo tranquilizou a garota que sorriu e aconchegou-se em Harry, e ficou ali desfrutando dos carinhos do rapaz.

Continua...

Bom então é isso pessoal o 1º capitulo da minha 1ª longfic está postado, eu realmente espero agradar, eu estou tão empolgada com essa história, pois sempre me pego imaginando como seria a vida deles se eles não fossem a boyband One Direction, e poder parar de sonhar e colocar toda a minha imaginação no "papel" é ótimo, eu realmente estou muito entusiasmada e espero deixar vocês também.

Well tenho um pequeno aviso, é mais um recado para quem me acompanhar, irei fazer um cronograma e tentarei ao máximo cumprir-lo, o mesmo é:

Segundas e Quartas postarei essa longfic até finda-la.
Sextas e Sábados me dicarei a Monsoon.

Não prometerei que conseguirei cumprir esse cronograma, mas tentarei, irei usa-lo mais para deixar vocês cientes de quando aparecerei no blog, e quando terão capitulo, tenham consciência que em um dos dias citados terá capitulo das respectivas fics e longfics :)

Bom era isso, alguém ai gostou? Então comentaaaa para mim continuar!!

Continua com 5 Cometários!!


7 comentários :

Lady Sweetie ♥x disse... Responder

Ah, adorei a longfic. Ansiosa para amanhã <3

Anônimo disse... Responder

Continuaaa Amei so much

Anônimo disse... Responder

Pelo Amor de Deus continueeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

Anônimo disse... Responder

To be continued... to anciosaAA

Anônimo disse... Responder

Adoreei, por favor continua.
P.S: Vcs irão fazer algum dia fics interativas

Jeh Tomlinson disse... Responder

Amei continua logo :) quero cap com o Boo logo.

Vah~ disse... Responder

Amei!!! continua, estou ansiosa! Estava com saudades de suas fics kkkk chu~

Postar um comentário