O Juramento - Capítulo Sete

" Preciso estar descansada para amanhã, primeiro dia de aula para mim. "



O despertador tocou e revirei na cama, não querendo acordar. Não querendo ter de voltar para a escola. Ele continuou tocando e virei, afundando o rosto no travesseiro. E continuou tocando. Parece que não vai parar tão cedo. Já irritada, o peguei na cômoda e desliguei. Quando me sentei na cama, percebi que Harry estava apoiado no batente da porta, com braços e pernas cruzados. A quanto tempo estaria ali ? 


Tentei ajeitar o cabelo, mas não deu muito certo, estava todo amassado.
- Não se preocupe, está linda. - Ele disse, enquanto passava a mão no cabelo.
- Não me preocupo em parecer bonita para você. - Disse, logo que parei de mexer nas madeixas. 
- Então, o que estava fazendo até agora ?
Mudei de assunto incomodada, e perguntei:
- O que está fazendo aqui ?
- Te admirando.
- Não tem nada melhor para fazer não ?
- O que é melhor do que ficar te olhando dormir ?
Não respondi e desci da cama. Abri o armário e tirei uma roupa. Comecei a descer a alça da blusa e ele nem se moveu.
- Vou tomar banho e me trocar. - Disse, esperando que entendesse e me deixasse sozinha.
- Tudo bem. - Ele disse, mas nem se moveu como se fosse ficar me olhando. Até parece !
- Pode sair agora. 
E ele não saiu. Até que fiquei com raiva e o empurrei para fora, fechando a porta.
- Mal educada ! - Ele gritou, atrás da porta.
Não o respondi e caminhei para o banheiro. Terminei e me troquei. Fiz um penteado no cabelo, peguei meu celular e desci para a sala.
- Pronta ?
Me virei e Harry caminhava na minha direção, sorrindo e girando a chave do carro no dedo.
- Espera ... Você não vai para a escola comigo, né ?
- Tá brincando ? Tem coisa melhor do que ir a escola ? - Disse, irônico.
- Que ótimo. - Disse sem animação e sai.
Ótimo ! Tudo o que faltava era Harry ir para a escola comigo. Ele já foi para alguma escola ? Não importa, não queria ele comigo, até lá !
Desde que viajei, ele sempre estava atrás de mim. Onde quer que eu vá, ele está lá. Não gosto disso ! Adoro minha privacidade.
Comecei a andar em direção a meu carro, mas Harry interrompeu.
- Ei ! Nós vamos no meu carro.
- Hm .. Acho que não. Prefiro ir com o meu.
Quando ia tocar na maçaneta, Harry entrou na frente.
- No meu carro. - Soava mais como uma ordem, do que como um pedido. E não gostava de receber ordens dele.
- Tenho planos para depois da aula. - Mentira.
- Que planos ? Acabou de chegar. 
- Planos ... Meus planos. - Não arranjei uma desculpa boa. - Não tenho que te dar satisfação da minha vida.
Seus olhos me fitaram profundamente, e disse.
- Está ligada a mim, me deve satisfações. 
- Podemos ir para a escola ? - Perguntei, entediada.
- No meu carro, sim. - E sorriu.
Bufei e entrei no carro dele. 
O caminho para a escola foi em silêncio. Ele estacionou e eu desci antes dele, tentando evitar de entrarmos juntos. Mas foi inútil, pois rapidamente ele já estava ao meu lado, com um sorriso no rosto. Passamos a porta dupla e vimos os milhares de adolescentes, conversando, rindo, mexendo em seus armários, correndo pelos corredores ... Não estava com tanta saudade assim. Não da escola. E sim, da minha vida normal. Harry parecia um garoto normal, vestindo calça preta, levemente caída, e um camiseta cinza que se ajustava nos músculos do braço, e a jaqueta preta dava um ar de bad boy. Comecei a caminhar em direção a secretaria e ele se juntou a mim, colocando as mãos em minhas costas. Pensei que o gelado de sua mão me incomodaria, pelo contrário, me sinto confortável. O gelado, junto da corrente elétrica me atravessando ao toque.
- Tente não chamar atenção. - Pedi a Harry.
- Qual é ! Atenção é meu sobrenome. Não corte meu barato !
Revirei os olhos e entrei na secretaria. Peguei o meu horário de aula e do Harry. Comparei os horários e agradeci por não ter que suportá-lo em todas.

Entrei na sala para a aula de Biologia, sem Harry. Não gosto de Biologia, é muito chato. Me acomodei em uma mesa de três pessoas. Ainda estava sozinha. Coloquei os livros de lado e abaixei a cabeça. 
- Bom dia, alunos. - Ouvi uma voz, provavelmente do Professor Connor. Não levantei a cabeça.
- Desculpe o atraso, professor. - Disse uma voz familiar.
Levantei a cabeça, torcendo para não ser quem achava. Sim, era ele. Harry.
O professor deu passagem, e ele começou a caminhar pelo corredor de carteiras, e se sentou na cadeira do meu lado direto.
- Pensei que não tínhamos Biologia juntos. - Disse, enquanto ele jogava os livros na mesa de mármore.  
- Dei um jeito. - E um sorriso de canto apareceu em seus lábios.
- Não gosto de Biologia, é muito chato. - Disse, tentando espantar o pensamento de como ele conseguira aquilo.
- Bem .. - E deu um sorriso perverso - Podemos tornar a aula mais interessante. - E colocou o braço na minha cadeira, ao lado da minha cintura e puxou a cadeira para mais perto.
Ele estava perto. Muito perto. Posso sentir sua respiração gelada em meu rosto. Tudo isso me deixa com a respiração acelerada e tensa. Mais alguns centímetros e nos beijaríamos. Eu não consigo me afastar. Por quê ?
Quando pensei que nos beijaríamos, uma voz ecoou pela sala, acabando com o silêncio e desviando a atenção de todos.
- Desculpe pelo atraso, Professor Connor.
Quando olhei, um garoto lindo estava parado na porta. O professor o deixou entrar e disse:
- Depois resolvemos isso. Agora, escolha um parceiro.
- Claro. - E seus olhos encontraram o meu. E começou a me fitar enquanto andava na minha direção.
Lindo, alto, forte. Seus cabelos bem cortados, negros como a noite, e seus olhos verdes safira me hipnotizavam. Vestia calça jeans escura e uma polo branca. A manga justa nos músculos. A pele pálida. 
Seus olhos não desencontraram os meus até ele sentar ao meu lado.
- Eu já te vi na escola antes ? - Perguntei quebrando o silêncio.
Seus olhos me fitaram e respondeu:
- Não. Sou novo.
 - Percebi, não conheço nada sobre você.
Ele colocou a mão por debaixo da minha cadeira e me puxou para perto. Bem perto.
- Podemos dar um jeito nisso. - E um sorriso malicioso apareceu em seu rosto. Mostrando dentes perfeitos e brancos.





Oi, Amoras !
Capítulo Duplo !
Só porque o sexto estava muito chato e esse estava melhor .
Espero que tenham gostado >.<
Malikisses.


5 comentários :

Joyce Rayane Dos Santos Silva disse... Responder

Ta perfeita continua ♥ ♥

Manu disse... Responder

Maravilhoso. Magnífico. Explendido. E chega de palavras difíceis apenas continua logo pfv *-*

Anônimo disse... Responder

Gostei desse menino!
Cap perfo, continua rápido pf!
Leticia M.

Anônimo disse... Responder

A cada capitulo eu fico mais in love. Continuuuuuuuaaaaaaa
Jeh Tomlinson

Nicole M. disse... Responder

Own amores, muito obrigada >.< Logo continuo ;)

Postar um comentário