Truly Madly Deeply Capitulo 08 – Tudo pelos amigos

 
Já passava da meia noite, eu e Niall estávamos vidrados em um filme de terror que Niall insistiu em dizer que não dava medo – mas até ele está com medo do filme –. Era um filme antigo, não que não gostasse mas é que, sei lá, era estranho. O nome do filme era Quadrilha de Sádicos e era super nojento.
Eu: Niall tira desse filme pelo amor de Deus! – fiz uma cara de nojo.
Niall: Concordo! – disse ele.
Niall tirou do filme e colocou em Meu Malvado Favorito.
Niall: Potato! – gritou.
Niall deve ter acordado a vizinhaça toda com aquele grito.
Eu: Você é maluco? – perguntei pacífica.
Niall: Potato! – gritou mais alto na minha cara.
Revirei os olhos e respirei fundo.
– O que leva uma pessoa a fazer isso? – pensei.
Niall: Está fazendo frio – olhou para o meu edredom que encontrava-se em meus pés.
Eu: Nem pensar.
Niall: Por favor.
Eu: Já não basta comida agora tenho que te dar meu cobertor?
Niall: Sim.
Eu: Não!
Niall: Por favor! – implorou.
Eu: Toma, eu vou pegar um pra mim – dei o edredom pra ele e subi.
Peguei o cobertor dos meus pais, eles me matariam se soubesse disso. Sentei no sofá e me enrolei no cobertor.
Niall: Vamos trocar?Me dê este ai.
Eu: Não, Niall!
Niall: Por favor.
Eu: Não, eu já te... – fui interrompida por um toque de celular irritante.
Niall enfiou a mão no bolso da camisa de frio e tirou um celular.
Niall: Alô...Quem é?...Ah – ele me olhou-o quê?!...Eles também?...Na sua casa...É uma longa história...Não!...Quase...Onde vocês estão?...Nós estamos indo...Tchau – desligou o telefone.
Eu: O que foi?
Niall: Os meninos estão bêbados e o Zayn no hospital.
Eu: O quê?! – levantei-me depressa.
Niall: A Jessie disse que não pode ficar com eles e precisamos ir pra lá.
Eu: Que meninos exatamente?
Niall: Louis e Harry, Liam não bebe.
Eu: E por quê ele não leva eles?
Niall: Eu não sei, agora vamos! – disse puxando meu braço.
Eu: Ei, espera ai! Eu tô de pijama!
Niall: Quem liga pra isso numa hora dessas?
Eu: Eu ligo!Eu não vou demorar, vou vestir a primeira roupa que eu ver.
Niall: – suspirou – 'tá bom, mas rápido!
Sai correndo pelas escadas, tranquei a porta do meu quarto e vesti a primeira roupa que vi: uma blusa parecida com a de Niall e uma calça que dava duas de mim. Eu não estava nem ai pra moda, meu amigo está em um hospital. Me vesti e sai correndo, Niall estava na cozinha.
Eu: Niall! – gritei, ele virou pra mim com a boca cheia de bolo – Numa horas dessas você esta...Bolo de chocolate? – bati palmas e corri até a cozinha.
Niall: Vamos Angel! – disse me puxando, mas consegui pegar um pedaço do bolo.
Eu: Está bem, eu tô aqui! – disse com a boca cheia, tranquei a porta e saímos correndo até...
Eu: Parada de ônibus?
Niall: É, ou você tem dinheiro pra táxi?
Eu: Niall nós ou pelo menos eu estou de pijama!
Niall: Ninguém mandou vestir a primeira roupa que viu – eu olhei pra ele de forma violente e pulei em seu pescoço– Para, você vai me matar! – soltei ele – A culpa não é minha! – disse ajeitando o seu cabelo.
Eu: Me diz pelo menos onde eles estão e que horas são – disse com os olhos fechados.
Niall: São 2:46 PM, eles estão na Praed Street – abri os olhos e suspirei, digamos que tem praticamente um rio nos separando.
Eu: Eles foram pra que hospital?
Niall: St.Mary – arregalei – era o mais perto.
Ficamos em silêncio, sentamos nos bancos dali. Eu estava morrendo de fome e sono. Acho que Niall também. Não passava nenhum ônibus e eu acabei deixando minha cabeça cair no ombro de Niall, que em seguida apoiou a sua cabeça na minha, fechei os olhos e tente dormir o máximo possível, não acredito que isso aconteceu!
[...]Eu e Niall já estávamos acordados, já tinha se passado cinco minutos, e eu ainda estava com sono, óbvio. Niall estava quase caindo de sono, seus olhos estavam semi-abertos, seus cabelos bagunçados e suas bochechas rosinhas. Como ele consegue ficar assim 24 horas por dia?Ao ver o Niall quase dormindo me deu vontade de rir, ele estava engraçado, mas também estava dava pena.
Depois de muito tempo finalmente o ônibus chegou, cutuquei o Niall e ele acordou assustado.
Entramos no ônibus e eu deixei Niall dormir um pouco, sentamos no fundo do ônibus, onde havia mais cadeiras. Niall se esticou em uma e encostou a cabeça no meu colo e dormi. Eu apenas revirei os olhos e bufei, ele pegou a minha mão e pôs em seus cabelos bagunçados. Olhei pra janela e vi a escuridão tomar conta do céu, devia ser umas duas horas da manhã. O Sol viria daqui a pouco, e o que mais me alivia é saber que amanhã é Sábado e eu vou poder dormir até cinco horas da tarde. Eu pedi que o motorista me avisasse quando chegasse na Praed, ele assetiu s eu encostei a cabeça na janela do ônibus, acabei dormi um pouco.

5 comentários :

Isabela Antunes Rodrigues disse... Responder

Continua!!! Ta PER-FECT

rayssa vasconcelos disse... Responder

continua pfv ta muito perfeita essa fic
#ansiosapelopróximo

Anônimo disse... Responder

Aww niall de bochecas rosadinhas,até imagino!
Continua anciosa aqui!

Grazy disse... Responder

CONTINUAAAAA ♥

Anônimo disse... Responder

Continuaaaaaa

Postar um comentário