Irresistible Capitulo 13 - Vulnerável


Um som no vidro foi ouvido bel olhou para cima e notou que chovia um pouco e do lado de fora do vidro tinha alguém, ela se assustou um pouco se ajeitou no banco e tentou olhar através do vidro embaçado, mas nada conseguiu ver.
- abra a porta Bel. – ouviu a pessoa do outro lado falar e logo reconheceu a voz rouca era...

Bel viu Harry, os cachos molhados assim como o rosto, vestia um, sobretudo e as calças jeans justas e uma bota coturno um pouco enlameada.


- o que faz aqui? – perguntou Bel saindo do carro sentindo a chuva fia tocar sua pela.
- não finja que não sabe, todos estão preocupados com você. – falou o garoto um pouco bravo.
- não finja você ser um bom garoto e que se preocupa comigo, você é um sem coração. – disse a garota fitando Harry com fúria.
- para de ser marrenta garota, entra logo no carro, vou te levar para casa. – disse o rapaz segurando Bel pelo braço.
- não encosta-se a mim. – disse Bel acertando um tapa no rosto de Styles, que não acreditou no que a garota havia feito. Harry colocou uma das mãos no local onde havia recebido o golpe e olhou a garota que se encolheu perto do carro com medo do que o rapaz poderia fazer com ela.
- você não devia ter feito isso. – falou Harry bravo se aproximando de Annabel que viu-se sem saída encurralada entre o carro e o corpo de Harry.
 - me desculpa Harry eu só não queria voltar para casa. – explicou a garota apavorada.
- você acha mesmo que vai me bater e sair assim sem punição, ninguém bate em mim. – balbuciou o garoto segurando firme a mandíbula de Bel.
- eu sinto muito. – falou bel deixando as lagrimas insistentes caírem, Harry ao ver aquilo se sentiu poderoso, Bel era indefesa em suas mãos, e em vez de bater na garota ele a beijou, a puxando para perto de seu corpo, Bel no inicio recusou o beijo, mas logo se entregou, entrelaçando os dedos nos cachos de Styles enquanto Harry apertava a cintura de Bel contra seu quadril, desse modo fazendo-a sentir a ereção do rapaz que já era grande.
- você causa isso em mim. – disse o rapaz em um sussurro partindo o beijo.
-harry. – balbuciou Bel já perdida pelos encantos de Harry.
- isso diga meu nome Bel. – disse Harry puxando o cabelo da garota levemente fazendo a mesma suspirar, ela não conseguia controlar o desejo que sentia pelo rapaz, era mais forte que ela.


Logo os dois já estavam no banco de trás do carro de Annabel, a mesma se encontrava sem blusa sobre o colo do rapaz, e os dois travavam uma batalha com suas línguas, o rapaz arrastava suas mãos pela costa da garota fazendo pequeno carinhos no local.
A garota com um pouco de pressa levou as mãos ate o feixe do sutiã e o tirou liberando os seios fazendo Harry rir da pressa dela, mas Styles também não ficou para trás logo abocanhou um dos seios da garota e ali começou algumas caricias fazendo bel gemer.
Harry ficou alguns minutos naquilo, mas logo cansou-se e ajeitou Bel deitada no banco e sorriu, tirou sua calça e junto dela a boxer vinho, olhou Bel e a mesma ainda se encontrava de calça jeans.
-vamos igualar isso. – falou o garoto abrindo os botões da calça de Bel fazendo a garota suspirar apenas por sentir o toque dele.

...

Harry usava de ágeis investidas para dentro do corpo de Bel, fazendo ambos gemerem com o contado do corpo de ambos, as peles coladas compartilhando calor e êxtase deixava os dois extasiados de prazer, era tão bom estar ali, na opinião de ambos.
Todos os problemas eram esquecidos, ate o fado de quem todos estavam preocupados com o sumiço de Annabel, mas isso não importava para eles naquele momento, os dois só queriam se concentrar no que estava acontecendo naquele instante, uma insana noite de amor.


De momento bel lembrou-se que havia prometido nunca mais se entregar a Harry, mas era impossível dizer não aos olhos verdes, ele era sedutor demais e Bel era vulnerável aos encantos de Styles, ela se sentia desprotegida quando ele falava rouco, pois ele causava-lhe formigamento no baixo ventre o que lembrava um orgasmo, algo insano ao ver de Bel, pois como uma pessoa poderia gozar com apenas o som da voz de alguém? Aquilo era ridículo, bel se sentia ridícula ao sentir aquilo, pois aquele formigamento no baixo ventre logo virava um turbilhão de borboletas no estomago e aquilo indicava apenas uma coisa, amor.



Hey babes ai está mais um capitulo espero que tenham gostado, comente muito suas lindas e lindos :)

Participem do grupo de leitores da fic please (vou postar novidades do blog lá)

Olha o que eu achei sisters e brothers

Continua com 10 comentários


15 comentários :

rayssa vasconcelos disse... Responder

Continua pfv cara eu amuuuuuuuu muito essa fic
#ansiosapelopróximo

Anônimo disse... Responder

OMG OMG OMG OMG
Cara, eu pensei que ela tentaria fugir

Anônimo disse... Responder

Ele vai maltratar ela de nv??
Continua

Anônimo disse... Responder

Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Anônimo disse... Responder

Continua!
nossa to amando

Anônimo disse... Responder

Pfv, continua! Eu to amando

Anônimo disse... Responder

CONTINUA!!!

Anônimo disse... Responder

Coitada da Bel X.X
Perfeito

Anônimo disse... Responder

OMG OMG OMG
A tay vai pegar eles quando??

Anônimo disse... Responder

Perfeito, sem mais
continua

Anônimo disse... Responder

coooontinua

Anônimo disse... Responder

ai cara continua

Luiza Fernandes disse... Responder

continua pfpfpf!!!!!!!!!!

Aurea Stechitti disse... Responder

Voces podem me ajudar a divulgar meu blog por favor? ele esta no comecinho e quase nao tem leitores, entao queria pedir ajuda. desde ja, obrigada.

Aurea Stechitti disse... Responder

O blog e www.portalcsi1d.blogspot.com

Postar um comentário