Little Things Capitulo 12 - Eu ainda te amo...


Lisa On

Eu caminhava por as ruas centrais de Londres em busca de um emprego, pois não pretendia ficar a vida toda dependente de Jeremy, queria poder comprar uma casa pra mim e viver minha vida.

Passei por uma loja de roupas e na vitrine da mesma havia uma plaqueta com tais dizeres “precisa-se vendedora. Não é necessário experiência” sorri imediatamente, era exatamente o que eu queria.
Entrei na loja ouvindo um irritante barulho de sino, olhei o mesmo e revirei os olhos, aquilo irritava, fechei a porta e olhei em direção do interior da loja, encontrei duas garotas e uma rapaz, as moças vestiam um colete azul e fofocavam, já o garoto dobrava algumas peças de roupa em uma das prateleiras. Pigarrei pra ser notada, e assim foi. As duas garotas me olharam de cima abaixo e logo se ajeitaram como se eu fosse alguém importante.
Já o garoto meu olhou como se fosse arrancar-me um pedaço, ele sorriu e logo veio ate mim.
- quem que posso ajuda-la? – ele disse simpático, mas seu sorrio era de total maliciosidade. Ele era loiro e cabelos levantados, lembravam os do Zayn, tinha olhos claros e seu sorrio era sempre com ironia e maliciosidade.
- bom vi na vitrine que estão precisando de vendedoras. – sorri.
- isso é verdade, está interessada? – disse uma das garotas, a morena.
- claro. – disse um pouco animada demais, arrependi-me disso.
- então pode começar amanha? – perguntou-me o garoto animado e com um de seus sorrisos nos lábios.
- sim. – disse

Logo combinamos tudo e eu voltei para o apartamento de Jeremy, queria contar-lhe a novidade.

[...]

- advinha quem conseguiu um emprego. – disse entrando no quarto de Vic, ela olhou e disse.
- minha linda mamãe? – eu sorri e apenas assenti, ela correu ate mim e abraçou-me.
-e verdade isso Lisa? – ouvi a voz de Jeremy, virei-me e o encontrei escorado no batente da porta me fitando.
- sim, começo amanha. – disse sentando na cama com Vic no colo.
- e vic? – perguntou ele sentando de meu lado.
- ela ficara com Lola. – disse.
- hm. – ele disse, mas no fundo pude sentir desconforto da parte dele, ele sabia que quando eu arrumasse um emprego eu sairia da casa dele, e era exatamente o que eu ia fazer, eu e Jeremy nunca tivemos nada, apenas me deitei com ele uma vez, mas foi por conta de eu estar frágil, carente e desprotegida, por que sempre serei de Harry, para todo sempre.

[...]

No dia seguinte acordei cedo, tomei um banho e coloquei uma das minhas melhores roupas, pois era a primeira impressão que fica. Como de costume está frio em Londres e caia uma leve chuva, então não demorei-me muito no banho. Vesti minha roupa e fui ate Vic, a mesma tentava calçar o sapato, a cena era fofa e engraçada. 


Me aproximei dela e disse.
- precisa de ajuda?
- papai Harry que sempre colocava o calçado em mim. – disse ela fitando-me.
- eu sei querida, mas eu e Harry não estamos mais juntos.
- mas por que vocês são como a Barbie e o Ken, não podem acabar. – disse ela argumentando, ri de sua comparação.
- as coisas não são tão fáceis pequena. – disse a ela enquanto atava o cadarço de seu tênis.
- claro que são, você só precisa ir ate lá e dizer que o ama, e beijar ele. – disse ela colocando as mão na cintura, cena engraçada confesso.
- não é bem assim querida.  – disse a pegando no colo.
- como não, vocês adultos complicam tudo. – disse ela fazendo bico.
Mas ela estava certa, nós “adultos” complicamos tudo.

[...]

- estou indo pra o trabalho Jeremy. – disse quando o vi descendo as escadas.
Ele caminhou ate mim e selou meus lábios e disse.
- bom trabalho pequena. – e sussurrei um obrigado e sai com Vic segurando, minha mão, pequei o carro que Jeremy havia me dado, mas eu nunca o usava.

[...]

Em minutos eu estava à frente do prédio de Lola, minha antiga casa, hesitei um pouco para sair do carro temia encontrar Harry, não estava pronta para isso, eu havia dormido com Jeremy e isso me condenava.

Fiquei alguns minutos olhando prédio ate ser despertada de meus devaneios por Vic.
- vamos mamãe?
- ah sim. – disse desprendendo meu cinto e indo pegar Vic no banco de trás. Peguei as coisas da pequena e entrei no prédio, subi ate o andar de Lola e logo percorri o temido corredor, parei assim que vi a porta de Lola, a frente está a porta escrita 34B, minha antiga casa, deixei as lembranças me tomarem, e logo já podia ver Harry sobre mim, em uma noite quente de amor, a nossa ultima noite juntos. Fui despertada novamente por Vic, que balançava a barra de minha blusa e chamava-me.
- mãe, você está bem?
- claro querida. – sorri e logo bati na porta de Lola, esperei um pouco e logo um Zayn com um sorri de orelha a orelha e com Adrian em seu colo.
- oi tio Zayn. – disse Vic abraçando as pernas dele.
- hey pequena. – disse ele abraçando ela com uma mão.
- Oi Lisa. – disse ele já de pé, eu lhe dei um beijo na bochecha e entrei junto a ele e as crianças.
- Quem é Amor. – disse lola surgindo do corredor que dava acesso aos quartos.
- Sou eu. – disse rindo.
- oi gata, meu deus o que houve com você? Está se drogando? Cadê suas curvas garota? Jeremy não está te alimentado? – Lola disparou-se a falar, algo que me deixou tonta.
- hei calma Lorena. – disse eu tentando faze-la parar.
- desculpe-me, mas estou preocupada com você, emagreceu muito bitch. – disse ela tocando minha cintura, não digo apertando.
- você está delirando, estou no mesmo peso. – disse tirando sua mão de minha cintura.
- se você diz. – disse ela estendeu as mãos pegando Adrian do colo de Zayn.
- Bom vim apenas deixar Vic aqui, arrumei um emprego e preciso que você cuide dela por um tempo ate eu achar uma baba, tudo bem?
- claro, será um prazer ficar com minha pestinha. – disse Lola sorrindo cumplice pra Vic que respondeu o sorriso com um joinha.
- bom tenho que ir, as 6pm estarei de volta. – disse e logo sai, o mais rápido que pude não queria encontrar-me com Harry, mas era bem provável que ele estivesse dormindo.

[...]

Em minutos eu já estacionava o carro no estacionamento reservado para funcionários, logo sai do carro e uma vento frio me afetou fazendo meus cabelos voarem, me encolhi mais e andei o mais rápido que pude, cheguei dentro da loja e encontrei a garota morena que se chamava Morgan
- bom dia. – disse ela olhou e sorriu.
- bom dia Lisa, chegou cedo, James e Beth ainda não chegaram.
- isso é bom? – perguntei rindo
- em certo ponto sim. – ela disse e acompanhou-me no riso.

Em mais alguns minutos os dois que faltavam chegaram e ali começou o meu primeiro dia de trabalho.

[...]

Já se passava das 6:30pm e eu ainda não havia saindo da loja, como era meu primeiro dia fiquei encarregada de ajudar Beth a fechar o caixa, e assim fim.

- bom já pode ir Lisa, eu termino aqui. – disse a garota ruiva para mim
- tem certeza? – perguntei
- claro, pode ir. – ela sorriu e assim fiz, fui ao fundos da loja e toquei o colete pelo meu blazer e logo sai da loja dando tchau a Beth.

Entrei no meu carro e logo sai do estacionamento indo em direção da casa de Lola.

...

Minutos depois eu já percorria a recepção, entrei no elevador e em exatos 3 minutos eu já estava no corredor, percorri rapidamente, pelo mesmo motivo de mais cedo, não queria ver Harry, mas acho que não deu muito certo, vi o mesmo saindo as casa de Lola, ele tinha seu lindo sorriso no rosto, ele parecia feliz, assim que me viu, ficou surpreso e caminhou ate mim.

- o que houve com você. – tocou minha face e eu por impulso fechei os olhos.
- está tão magra. – disse em sussurros.
Despertei-me de meu transe com a lembrança de Harry dizendo todas aquelas coisas a mim.
- não me toque. – disse afastando-me
- o que deu em você? – perguntou ele confuso.
- ah você não sabe, será que devo refrescar sua memoria “Você é uma vadia”. – soltei a frase dita por ele a mim.
- não quis dizer aquilo. – disse ele fitando-me
- mas claro que não. – disse irônica já sentindo as lagrimas correndo em meu rosto.
Ele fitou-me olhou os pés por alguns segundos e logo voltou a olhar-me, e no mesmo instante “pulou” em cima de mim tomando meus lábios em um beijo quente. Colou meu corpo na parede e desfez o beijo e disse ofegante olhando em meus olhos.
- eu ainda te amo. – ele não deixou-me responder e voltou a beijar-me, mas agora fazia-me andar, logo notei que entravamos no apartamento dele, nosso antigo apartamento.
Harry fechou a porta com os pés e logo deitou-me delicadamente no carpete da sala e passou seus beijos para meu pescoço.
- Harry acho que não devíamos. – disse ofegante.
- claro devíamos. – disse ele ainda distribuindo beijos em meu pescoço.

Logo ele põe-se a levantar minha blusa, em segundos já não tinha ela e nem meu sutiã, Harry abocanhava um de meus seios e apalpava o outro, e eu apenas expressava meus sentimentos através de gemidos.

[...]

- mais rápido Harry. – disse em quanto Harry me penetrava profundamente, ele tinha seu rosto na dobra de meu pescoço, ali o mesmo deixava sua marca com chupões e mordida. As vezes ele deixa rastros de seus gemidos roucos, o que me deixava mais excitada.
- eu ainda a amo. – murmurou ele em meu ouvido.

- eu também Harry. – disse com a voz quase falha. Naquele momento senti meu corpo tremer, meu prazer extremo estava perto, logo senti-me gozar junto a Harry, um perfeito e sincronizado êxtase máximo.

Continua...

Desculpe-me a demora, semana passada fiquei mal (rins novamente), mas estou um pouco melhor.

Obrigada as lindas que comentaram capitulo passado, e gurias eu respondi as peguntas que vocês mandaram vou acabar de editar o video e posto.
Beijos.

Continuo com 18 comentarios...

19 comentários :

rayssa vasconcelos disse... Responder

perfeito, eu desejo melhoras a você , e continua que tá lindo :-)

Cecília Rabelo disse... Responder

Ta perfeitoooo
Continuaaaa
Melhoras *-*

Anônimo disse... Responder

Não que a fic não esteja perfeita... Mas eu acho que vc tinha que escrever mais sobre a Mel e o Louis, toda vez que eles aparecem, eles fala 4 frases, e estão transando '-' masok né...
Só queria pedir pra vc escrever mais sobre a Mel e o Lou ;)
continuaaaa :) amei o cap. s2

xoxo Maria Fernanda Tomlinson ;)

Anônimo disse... Responder

vc tah melhor? o que vc tem?
Melhoras :s

xoxo Maria Fernanda Tomlinson ;) -denovo pra variar -

Ana Paula disse... Responder

Continua, sua fic está ótima :D Melhoras pra você linda

Anônimo disse... Responder

Continua, tá lindo.. Que você melhore :)

Anônimo disse... Responder

perfeito

Anônimo disse... Responder

continua...

Anônimo disse... Responder

Ta linda. Queria saber sobre a liv e o niall

Anônimo disse... Responder

Continuaaaaaaaa!!!
Quero a Alice :c

Laura Soares disse... Responder

Coontiiiinuaaaa , to morreendo aqui haha !

Laura Soares disse... Responder

Coontiiiinuaaaa , to morreendo aqui haha !

Anônimo disse... Responder

Continua amr
sem essa fic eu não vivooooo

Anônimo disse... Responder

COOOOONTINUA.

Anônimo disse... Responder

continua please.

Anônimo disse... Responder

continua, Por favor

Anônimo disse... Responder

COOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOONTINUAAAAAAAA!!!!!!

Anônimo disse... Responder

continua amr!

Loola Malik disse... Responder

C O N T I N U A , se não eu tenho um Heart Attack '-' Vaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaai porfavoor , pelo amor de Deus '-' Porque Liv num tem amigoos?

Postar um comentário