Little Things Capitulo 11 - Frágil...




Jessie On

Era uma típica noite na linda Londres, um leve chuva cai, Liam havia saído, apenas me disse que iria a casa de Niall, não o questionei, assim como ele vinha fazendo comigo em relação aos meu surtos durante a madrugada.
Eu sei que devia contar a ele sobre o que se passou comigo, mas como explicar que fui abusada sexualmente quando criança, isso me fazia sentir suja, mesmo eu não querendo que aquele ato acontecesse, eu às vezes não fazia nada para impedir, muitas vezes com medo de meu padrasto bater em minha mãe. Ele sempre usava da mesma ameaça “ou faça o que eu mando ou sua mãe pagara”, era sempre assim, então sempre acabava aceitando para que ele não machucasse minha amada mãezinha.

Resolvi que pensar naquilo não me faria bem então entrei no banheiro e despi-me, um banho seria ótimo naquele momento. Já se passava das 7 pm e estava um pouco frio, então não demorei muito em meu banho.
Sai e logo pus algo confortável, pois só pretendi deitar-me. E foi o que fiz, deitei-me na cama tapando-me ate o pescoço e olhando o teto, fiquei perdida em pensamentos por alguns minutos ate sentir lagrimas escorrendo em minha face.
Me considerava uma fraca por ter medo de amar, eu tinha medo, medo que de a dor de anos atrás voltasse a me assustar.

Fui tirada de meus pensamentos melancólicos pela porta sedo a aberta, liam cruzou pela a mesma, tentei secar minhas lagrimas mas foi impossível, em segundo liam já estava ao meu lado na cama e acariciava minha face segando minha inúmeras lagrimas que insistiam em sair.
- oque acontece minha pequena, preciso saber, isso está me destruindo, cofie em mim. – disse ele puxando-me para seus braços, me aconcheguei nos mesmo e disse.
- tenho algo a contar. – disse olhando-o nos olhos.
- então diga. – disse ele calmo.
-bom..- hesitei um pouco antes de começar toda a historia, mas logo contei tudo a ele, sobre como fui difícil passar tudo que eu passei com apenas 12 anos de idade, contei também que aquele dia que fui a Liverpool eu havia ido ao tumulo de minha mãe, pois fazia 7 anos de sua morte.

- esse homem foi um mostro Jessie. – disse liam abraçando-me assim que terminei de contar a historia.
- sei disso, Liam. Eu queria poder às vezes esquecer disso, mas é impossível. – disse já soltado alguma lagrimas novamente.
- e por isso que tem “medo” quando vamos fazer amor? – perguntou ele fitando-me
- sim. – disse em uma quase sussurro.
- sabes que nunca a machucaria, não tenha medo de mim. – disse ele olhando em meus olhos e logo se aproximou, tocou seus lábios nos meus e iniciou um beijo calmo cheio de amor.
Deitou-me delicada mente sobre a cama pondo seu corpo levemente sobre o meu, senti carinho naquele ato, senti-me naquele momento realmente amada, então não discuti o  seu ato apenas deixei-me ser levada por liam.
Seus beijos tornam-se mais intensos, logo ele foi ate meu pescoço depositou um beijo ali e logo disse fitando-me.
- seja minha, confia em mim. – eu o olhei e apenas assenti sorrindo, Liam era perfeito e agora tinha certeza que não poderia ter medo dele, aquele sentimento era tolice.

Em minutos eu já era de Liam, ele fora tão carinhoso que nem ao menos senti medo, ele fora gentil como sempre, enquanto entocava olhava-me firme nos olhos como se disse para confiar nele, bom era isso que eu fazia eu confiava nele.


Liv On

- Niall estou sentindo o bebe mexer. – disse eu tocando minha barriga, já estava com seis meses de gestação, me sentia fraca, mas continuava viva pelo pequeno que eu carregava.
- oh meu deus é verdade. – disse Niall ajoelhando-se em minha frente e tocando minha barriga, ele sorria e olhava-me nos olhos, por um momento senti uma lágrima escorrer pela minha face, o ato fora causado pelo pensamento de que eu não viveria muito para ver a pequena criança que eu carregava crescer, eu não veria seu primeiro dentinho nascer, eu não veria aprender a engatinhar, não a veria dar seus primeiros passo, não a veria dizer sua primeira palavra, e eu me sentia mal em saber daquilo, era horrível ter a sensação de morrer, mas nada na vida é fácil, nada na vida é como num conto de fadas onde tudo pode acontecer, onde uma doença pode ser curada em um passe de magica, isso que eu vivia era a vida real e nada de magica existia, então o que me restava era consolar-me, intender que eu iria morrer.

- Niall. – o chamei, o mesmo olhou-me e disse.
- sim pequena?
- prometa que quando eu morrer não ficara sozinho, ache alguém seja feliz. – disse eu tocando sua face.
- você não irá morrer. – disse ele tocando meus braços deixando ali carrinhos.
-não finja Niall nós sabemos que meu tempo já está se acabando, eu sei será difícil, mas quero que me prometa que será feliz.
- como serei feliz sem você? – ele disse olhando-me pude notar que suas grades orbes azuis estavam marejadas.
- a questão é que eu te deixarei ele, ele te trará felicidade, ele é a prova do amor que sinto por você, então ache uma mãe para ele, mas uma boa mãe. – disse tocando minha barriga, eu queria que meu filho tivesse uma vida feliz, uma família coisa que eu nunca tive. Eu olhei niall esperando sua resposta, ele hesitou um pouco mas logo respondeu.
- eu prometo, faço tudo por você. – disse ele e selou-me.

Eu sentiria falta de Niall, mas acho que ele sentiria muito mais de mim, sempre soube sobreviver sozinha, nunca realmente tive amigos ou alguém com quem contar, então sem virei-me sozinha, minha mãe, ela nunca me notou, meu pai ele me odiava, e meus irmão sempre me maltratavam, então nunca realmente recebi carinho, o único que me amou foi niall e eu podia ver em seu olhos o quanto ele era dependente de mim, eu tinha pena de niall, sem mim eu temia que ele adoecesse.

Continua..

Hey pessoas lindas, desculpem-me a demora é que eu estava com muitos trabalho e só tenho tempo para faze-los a noite e nos fins de semana então estive um pouco sem tempo para escrever, eu tentei escrever mas deu nesse capitulo ruim como podem ver. Bom espero que vocês gostem e comentem.

Comtinua com 18 comentarios...

22 comentários :

Laura Soares disse... Responder

Aaaah ! Amo a sua fic , eu queria te perguntar se eu tenho a permissão de postar sua fic na minha pagina , mas claro dando todo o credito a você ! E cooooontinua shaishai !<3

Anônimo disse... Responder

Menina, eu amei esse capitulo demais, sensacional é sério ele é perfeito, e nãããooo ela não pode morrer ela tem que cuidar do Niall, e do filho delaaa faz ela se curar logo e faz ela ganhar esse bebê e ser feliz com o Niall, e eu não entendi como as amigas dela pararam de falar com e ela e umas com as outras?kkkk e aaa que fofo a Jessie e o Liam finalmente ficaram juntos aii que perfeiitos, ela finalmente superou seu trauma, eu simplesmente amo essa fanfict ela é perfeita demaiis amoo elaa, kkkk vc é demais escrevendo é serio muiito perfeita amei e a Lisa e a Vic tem que voltar pra ficar com o Harry logoo aa ela não pode ficar com o Jeremy naaaooo kkkk e o Louis quer matar a Mel ou o que? kkkkk Vc é foda e só comentei agora porque recem comessei a ler a fict e não consegui parar desde Love is Real até agora little things kkkkk vc é 10 hehe continuaaa antes de eu morrer aaaaaaaaaa

Bonnie xatiada disse... Responder

Cooontinua isso ta perfeito :D

Anônimo disse... Responder

FODA AMEI CONTINUA QUE EU VOU TE MATAR SE NÃO O FIZER HAHAHAHA kkkk brinks mas é serio continuaa

Bonnie xatiada disse... Responder
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse... Responder

vicie continua eu sou uma leitora nova que procura a primeira temporada de Little Things loucamente kkkk se puder me ajudar a e
CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAA

Bonnie xatiada disse... Responder

Fofissimo *---* continua, eu chorei muiito lendo a liv e o niall foi tipo: tem um olho na minha lagrima kkkkk

Anônimo disse... Responder

Droga gamei nesse capitulo, vai ir até que capitulo?

Bonnie xatiada disse... Responder

Continuaaaa ^-^

Anônimo disse... Responder

C-O-N-T-I-N-U-A
>< logo antes que eu vomite meu coração pela boca ( a não vou vomitar ela pela orelha) kkkkkkkk

Anônimo disse... Responder

Perai!! Você quer matar a Liv? Ou quer me matar? aaa continuaa pleaseeeee
- Amanda

Anônimo disse... Responder

Você está ensinuando que no final desse imagine você vai matar a Liv e fazer uma nova personagem para ele? Como assim? aaaa a Liv é uma doce gente eu to chorando litros aqui arrghh porqe isso rola comiiigoo?

Anônimo disse... Responder

Vicio é o que eu tenho de dizer sobre esse capitulo ele é vicioso alimente esse vicio Nana, continuaa pfpf

Anônimo disse... Responder

Adoreii continuaaa yeaaa, me chamo Pamela

Ana Paula disse... Responder

cara ela vai mesmo morrer ? :O

Anônimo disse... Responder

cooooooooooooontinua o/

lygia disse... Responder

continua!po vei to chorando aqui .coitado de niall

rayssa vasconcelos disse... Responder

muito perfeito você e uma ótima escritora eu fiquei viciada em seus imagines CONTINUA por favor

Anônimo disse... Responder

CONTINUA!

Anônimo disse... Responder

Amo tua fic, Continua.

Loola Malik disse... Responder

Lendo agora e super apaixonada '-'

Loola Malik disse... Responder

Porque ela não tem amiigos ? ;/

Postar um comentário