Truly, Madly, Deeply Capítulo 74 - Eu, você e ele (Parte II)

 
A porta principal foi fechada, anunciando a entrada de alguém; Angel e Niall. Jess e Tyler se prepararam para fazer uma surpresa para a filha, esconderam-se na cozinha e esperam ela ir até lá.
Angel: Niall, arruma seu cabelo! – gargalhou ao ver que o cabelo de Niall estava bagunçado.
Niall: A culpa foi sua – sorriu enquanto arrumava o cabelo.
Tyler encarou Jess com as mãos na cintura e arqueou a sobrancelha.
Tyler: Saímos por uma semana e ela já traz esse garoto para casa? – sussurrou.
Jess: Cala a boca Tyler! Você sabe que ele é o namorado dela.
Tyler: Eu não sabia disso, na verdade, eles haviam brigado!
Jess: Quem sabe reataram, ninguém sabe o que...
Angel: Tem alguém ai? – perguntou caminhando pela cozinha, seguindo os sussurros.
Tyler: Tem sim – caminhou até Angel – O que esse garoto está fazendo aqui? – cruzou os braços.
Angel: Ah, ele... – olhou para Niall, ele ainda tinha medo do pai de Angel – Ele veio me ajudar a falar uma coisa – disse de uma vez.
Tyler: A falar o quê?
Angel não queria que fosse assim.
Angel: Acho melhor sentarem – encarou o chão. Jess ficou preocupada.
Jess: O que aconteceu Angel? – indagou preocupada.

Angel respirou fundo, não sabia qual seria a reação de seus pais, não sabia o que eles poderiam fazer com Niall ou que iriam pensar dela. Ela estava com medo. Sentia a lágrima em seus olhos ardentes.
Angel: Eu estou grávida – encarou o chão.
Jess e Tyler continuavam parados e sem acreditar, a mãe tentava entender direito e o pai encarava Niall com raiva.
Jess: O quê? – gaguejou.
Angel: Mãe eu...
Jess: Angel, você só tem dezessete anos – disse calma.
Angel: Mãe, me desculpa – colocou as mãos sobre o rosto.
Tyler: Suponho que você seja o pai – continuou encarando Niall.
Niall assentiu e Tyler puxou ele para um abraço. Ele não entendeu nada, Tyler deveria estar brigando com ele ou expulsando-o de casa. Jess ergueu o queixo de Angel e encarou o rosto da filha com um sorriso, depois abraçou-a. Angel ergueu o olhar e viu que Tyler fazia o mesmo com Niall, foi quando tudo se tornou confuso.
Jess: Vai ficar tudo bem – acariciou o cabelo da filha – Mas você precisa me contar isso direito.
Angel ergueu a cabeça e Niall olhou para ela. Os dois sorriram e deram as mãos. Jess e Tyler podiam ver que eles eram apaixonados, qualquer um podia ver isso no olhar deles.
Jess e Tyler sentaram-se em um sofá e Niall e Angel em outro. Rosto a rosto.
Jess: Quantas semanas você...
Angel: Três – fixou os olhos nos da mãe.
Tyler: E não nos contou?
Angel: Eu soube há alguns dias.
Jess: Niall, você já contou para os seus pais?
Niall: Irei contar assim que possível.
Tyler: Mas e aquele "problema"?
Niall: Eu já resolvi ele, senhor. Estou livre para viver feliz com a Angel – olhou para Angel.
Jess: Ah, crianças. Vocês são novos demais! E a escola?
Angel: Não se preocupe, mãe.
Jess: Claro que eu tenho que me preocupar! – levantou-se do sofá – Você já foi ao hospital?
Angel lembrou do que a doutora disse e não sabia se falava ou não a mãe.
Angel: Já, os exames sairão amanhã.
Jess: Então, amanhã iremos ao hospital ver se está tudo bem, eu preciso saber de tudo!... – andava de um lado para o outro.
Niall notou de Angel parecia preocupada. Pegou a mão dela e sorriu.
Niall: Vai ficar tudo bem – sussurrou.
Tyler: Agora você precisam de um lugar para morarem, só vocês e ele.
Jess: Sim, talvez a nossa casa em Manchester
Angel: Não, o Niall tem um apartamento.
Tyler: Vocês não vão se dar bem com um apartamento!
Jess: Irei ligar para o Will – pegou o telefone.
Tyler: Ligar para quem? – Angel sorriu
Jess: Will, o homem que ficou cuidando da nossa casa!
Tyler: Pensei que só eu tivesse o número dele, onde arranjou?
Jess: Eu peguei da sua agenda – digitou os números e andou até a cozinha.
Tyler: Ei, para onde pensa que vai? – seguiu a esposa e deixou Angel gargalhando na sala.
Niall: Seus pais são piores que os meus – sorriu – Fiquei com medo quando o seu pai me abraçou.
Angel: Eu não entendi a reação – encarou o nada.
Niall: Eu acho melhor eu ir logo – preparou-se para levantar do sofá.
Angel: Não quer que eu vá com você?
Niall: Ei, os homens acompanham as mulheres até sua casa.
Angel: Não é para isso – sorriu – E para contar a ela.
Niall: Não, é melhor eu contar sozinho.
Angel: Obrigada por me fazer sentir parte da família – disse irônica.
Niall: Depois eu prometo te apresentar como a nova Horan – sorriu e selou seus lábios.
Angel: Cuide-se e volte depois, preciso se você aqui – abraçou Niall.
Niall: Volto depois – deu um beijo na testa de sua namorada e saiu em direção a porta.  Acenou e saiu pela mesma.
Angel se sentia fraca e pequena longe de Niall. Ele era sua pessoa favorita, poderia ficar ao lado dele por toda a sua vida. E isso era o que ela mais queria.

Hellouis, Sweeties ^^

Como estão as minhas divas e meus divos?
Desculpe pelo capítulo pequeno, a intenção de fazer capítulos em duas partes é simples: eles são enormes para ser um capítulo só, mas estes capítulos juntos não ficariam grande. Enfim, gostaria de agradecer aos comentários e dizer que agora a fanfic já está no fim. Terá no máximo 81 capítulos, pretendo terminar no 80 e fazer um epílogo. Eu fiquei muito triste, afinal, adorei fazer essa fic : (
Beijosxx

3 comentários :

Joyce Rayane Dos Santos Silva disse... Responder

Aaaah que perfeito continua logo pelo amor de deus ♥ ♥

cassiany disse... Responder

Sua fic e perfeita continua ta o maximo

Luana Gomes disse... Responder

Li todos os capítulos da sua fic e acho D+, perfeita, ñ vejo hora de ler o próximo capitulo!!!!!!!!!!
Tomara q vc escreva outras fin. Vc escreve muito bem <3

Postar um comentário