Truly, Madly, Deeply Capítulo 50 - Give me a chance


Três semanas depois
Niall P.O.V's
Três semanas, cinco dias e quatro horas. Esse é o tempo que eu não vejo Angel,que eu não sinto mais seu cheiro, não vejo mais seus brilhantes olhos,e nem sinto mais seus abraços. Eu não vejo aquele sorriso lindo em seu rosto, que não escuto o seu "Eu também te amo" e que não vejo seus olhos revirarem ao eu perguntar"Você me ama?".
Ainda sinto seu cheiro quando entro em meu quarto. Ainda tenho a camiseta branca dos Ramones que ela sempre vestia quando vinha pra cá,isso parece a coisa mais gay,mas durmo abrasado em seu camiseta todas as noites, o cheiro de seu perfume doce ainda roda pelo ar de meu quarto, me fazendo lembrar dela sempre quando o cheiro.As vezes penso na nossa vida perfeita juntos, uma família e um filho,esse é meu sonho...nosso sonho.Se eu não tivesse feito besteira eu concerteza estaria vivendo feliz ao seu lado.
Mãe: Niall? – virei vendo minha mãe entrando em meu quarto,rapidamente limpei as lágrimas que rolavam em meu rosto – Niall? – ergeu meu rosto – O que esta acontecendo com você?Você esta diferente,alguma coisa ruim aconteceu? – perguntou preocupada
Eu: Mãe eu preciso falar uma coisa – limpei minhas lágrimas. Seria agora!Minha mãe era a única pessoa que poderia realmente me ajudar
Mãe: Pode falar – ficou atenta

Eu: Você sabe quem é a Nancy não? – ela confirmou
Mãe: Sim,sua namorada
Eu: Eu sei que você vai me odiar por isso,mas saiba que foi pelo nosso bem. – olhei para ela – Há um tempo atrás o Sr.Johnson,o pai da Nancy,me fez uma oferta. Ele me daria 600 euros se eu jantasse com a sua filha,e eu aceitei. – minha mãe olhou-me espantada – Depois eu meio que me apaixonei por ela,mas o seu pai sempre pensou que era por causa do dinheiro,mas era verdade. Depois de dois anos a Nancy mudou completamente,ela era doce e divertida,depois ficou vaidosa e se preocupada apenas com ela. – minha mãe me encarava furiosa,mas mesmo assim continuou a atenção – Depois de alguns meses suportando a Nancy,eu conheci a Angel,você provavelmente não a conhece,mas ela é uma garota incrível. Ela já veio aqui quando vocês não estavam. – minha mãe me encarou mais ainda – Eu sempre falava que ia sair com a Nancy,mas na verdade era com a Angel. Eu me apaixonei por ela,ela é a única pessoa que me leva pra outro mundo,que me faz esquecer os problemas,o mundo,com apenas um toque,um sorriso,ela é extraordinária! – vi um pequeno sorriso no rosto da minha mãe – Eu queria usa resposta. O que eu faço?
Minha mãe suspirou
Mãe: Se você gosta dessa Angel…por quê continua com a Nancy?
Eu: Eu não sei como acabar com tudo isso,eu não sei o que o…pai dela pode fazer
Mãe: Niall,você não devia ter feito isso,imagina de a Nancy descobre?
Eu: A Nancy não deve tá nem ai pra mim,ela deve gostar de outro cara,faz tempo que não nos falamos
Mãe: Eu acho que você deveria terminar amigavelmente com essa Nancy e ficar com a Angel,já que você ama ela
Eu: Eu vou tentar…
Mãe: Saiba que eu sempre vou te apoiar
Eu: Obrigado mãe – abracei-a
Isso parece a coisa mais gay,mas não é não,demostrar a uma pessoa o quanto a ama e respeita nunca foi e nunca será gay. Sorri forçado a minha mãe,eu odiava fazer isso,mas era necessário,eu não estava nada feliz,mas ela precisava saber que eu estava bem. Vi minha mãe sair do meu quarto,suspirei e senti as lágrimas já querendo cair. Porra!Sequei minhas lágrimas e dei um tapa em meu rosto,deixando a área mais vermelha que já estava. Vesti uma calça jeans,uma camiseta e um casaco,arrumei meu cabelo e fui até a sala.
Eu: Eu vou até parque – disse já abri do a maçaneta da porta
Mãe: Espera – sorri revirando os olhos – Não esqueça o cachecol e touca – disse vestindo-me os acessório,sorri ao vê-la preocupada comigo – pronto
Eu: Obrigada mãe – dei um beijo em sua testa,ela sorriu e eu sai pela porta,antes dei um trauzinho e ela jogou um beijo
Minha mãe concerteza tinha razão,Londres estava uma geladeira!Me encolhi contra o casaco,aquecendo-me o máximo possível. 
Em alguns minutos cheguei ao parque. Hoje estava lotado,devem ser turistas,no fim de ano isso aqui lota!De longe avistei a árvore favorita de Angel,tínhamos passado tantos momentos bons ali. Vi que havia uma garota ali,ela estava com os olhos fixos em um grupo de pessoas risonhas. Assim que a garota virou o rosto meu coração acelerou,era a Angel!
Angel P.O.V's
Três semanas depois…
Três semanas. Eu voltei pra casa,só fiquei um dia e uma noite na casa do Harry,ele me fez pensar melhor. Minha mãe quase teve um treco,ela estava preocupada,eu pedi pra ela que não me perguntasse sobre o tal namorado. Jessie disse que ia mandar um tal de Matt atrás dele,mas eu disse que não era necessário por mais que eu queira,Niall não merecia sofrer dor física.
Na escola eu evito qualquer contato visual com Niall,parece que a escola toda já sabe desse desastre,mais um motivo pra
continuar metida dentro da biblioteca.
Eu e Harry estávamos nos divertindo junto,mas não como namorados ou ficantes,estávamos nos divertindo como amigos,ele é engraçado e imprevisível,certamente ele me faz esquecer de tudo e todos,como se existisse apenas nós dois no mundo. Por mais que estivesse feliz agora,eu continuo chorando todas as noites,eu queria que Niall soubesse o quanto ele me machucou,assim ele sentiria remorso. 
Acabo de dobrar a esquina de casa,minha mãe disse que seria melhor se eu saísse um pouco,eu aceitei, – já que as provas acabaram não tenho nada pra fazer – então decidi passar todas as minhas tardes no parque perto da minha árvore. Eu não sei se vou conseguir,pois aquele  lugar só me lembra o Niall,passávamos a maioria do dia lá,mas eu preciso ser forte,não vou parar de frequentar o meu lugar favorito por causa de Niall.
Cheguei no parque já no por do sol,a única coisa que restou foi o céu alaranjado,pois o sol já se pôs. Eu fiquei triste,mas fazer o quê?Sentei-me na grama,encostei minhas costas na árvore e fiquei observando o lugar. As crianças brincando,os cachorros correndo,as pessoas sorrindo,isso me dava uma certa tristeza,mas concerteza existem pessoas com problemas piores que o meu ali.
Pisquei várias vezes voltando a realidade,um vento frio tocou meu rosto,bagunçando meu cabelo,virei o rosto tentando impedir aquilo. Assim que abri os olhos vi Niall parado há alguns metros dali,meu coração acelerou,minhas mão estava geladas,mas suadas ao mesmo tempo. Minha mãe ficou falha assim que o vi mover a mão,levantei-me rápido ainda com os olhos fixos em Niall. Ele correu um pouco,o que me fez andar rápido,eu não queria ficar ali,cadê o arbusto quando agente precisa?Olhei pra trás e vi que Niall estava mais próximo. Praticamente corri quando o vi a dez centímetros de mim. Senti ele puxar meu braço,revirei os olhos. Idiota!
Eu: Dê graças por ser um duende – puxei meu braço novamente
Niall: Nós precisamos conversas,eu não consigo ficar sem você Angel – disse com uma expressão sofrida,eu podia ver as orelhas debaixo de seus olhos,Niall estava mais pálido,magro,ele estava horrível
Eu: Niall,por favor,só…me deixa – senti as lágrimas em meus olhos
Niall: Angel – insistiu
Eu: Você não acha que eu banquei muito a idiota?Niall eu tentei amar você,mas você mentiu,me traiu,eu não confio mais em você – balancei a cabeça negativamente
Niall: Me dá um segunda chance – colou nossos corpos,virei o rosto para evitar que seus lábios tocassem os meus – me dá uma chance pra mostrar o quanto eu estava errado. – me olhou nos olhos – Por favor.

4 comentários :

Anônimo disse... Responder

Adorei muito fofo e triste mas legal

Maria Clara disse... Responder

Omg posta logo ANCIOSA *-*

Estephany Néo disse... Responder

Aaaaahhhh que pfto esse capítulo!!!!! Cara tu escreve mtooo bem!! E tem uma criatividade d+++!!!! Espero que não pare de escrever!!!

One Dream disse... Responder

Oi amor, você pode divulgar minha fic?
Eu comecei ontem e ando trabalhando e me dedicando mto nela, se poder fazer isso eu agradeço mto
http://fanfiction.com.br/historia/449511/Secrets_Of_Angel/
http://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-one-direction-secrets-of-angel-1292926

Postar um comentário