Irresistible Capitulo 19 - Irônico não? (2ª Temporada)

A linda Marienie (PS : a idade de Mary é 36 ano ok?)
Taylor se encontrava na casa mãe naquele exato momento, ela observava Marienie preocupada, mas não sabia o motivo.

Algumas horas antes...

Alguém batia freneticamente na porta da casa dos Taylers, o que deixou Marienie intrigada, aquém seria a pessoa tão afobada que batia a porta.

Logo a mulher estava em frente à porta, abriu a mesma e viu aquém ela jurava que nunca mis veria, Aston Benson um velho amor.
- Aston? – perguntou Marienie mal acreditando no que via, o homem de cabelos morenos e olhos claros, sempre fora um galã.
- Olá Marienie. – disse o homem com seu costumeiro sorriso matador nos lábios, o mesmo sorriso que sempre fizera Marienie ficar maluca, parecia que Aston não havia perdido o jeito galante. A voz rouca e com forte sotaque ainda era igual a de anos atrás, o modo com o homem a olhava, como se a viola-se apenas com os olhos, fazia Marienie tremer. O jeito misterioso e sexy não havia mudando também, Aston tinha apenas alguns anos a mais na identidade, mas apenas isso, pois ainda continuava com a essência do velho Aston do passado.
- o que faz aqui? – perguntou a mulher olhando atentamente o homem.
- tem certeza que não sabe Mary? – indagou o homem entrando na casa sem permissão e chamando a mulher pelo apelido que costumava a chamar.
- está aqui por Annabel? – perguntou a mulher seguindo o homem até a sala.
- por quem mais seria? – indagou o homem virando-se para a mulher que o observava atentamente, ao ver de Aston Marienie não havia mudando nada, os mesmos olhos azuis encantadores, o cabelo louro caído sobre os ombros e as curvas de dar inveja a qualquer mulher, ela ainda continuava a mesma Mary por que Aston havia se apaixonado.
- ela não está aqui. – disse Mary com desdém.
- sei disso, ela está no hospital dando a luz ao meu neto.- disse Aston sentando no sofá e fitando Marienie que agora tinha um expressão de preocupação, assim pudera, sua menininha está dando a luz e ela nem sabia.

- como assim? Annabel está dando a luz? – perguntou à mulher surpresa, ela queria estar perto da filha naquele momento, mas havia feito igual sua mãe anos atrás quando descobriu que Marienie estava gravida de Bel, a colocou para fora de casa, ela sabia que havia errado em se envolver com um cara como Aston, mas ele era tão misterioso e sexy e isso deixava Mary intrigada e louca para conhecer o rapaz, mas tudo acabou por dando errado, ela acabou casada com John Tayler e tendo que criar a filha dela como sendo sua, Taylor era um menina doce, e ainda era, mas não era sua filha, Annabel era sua filha e agora estava lá a dar a luz sem Marienie por perto, isso a fazia sentir culpa pois ele havia agido igualmente a mãe, ela lembrava de tudo que sofreu e agora se arrependia de ter colocando Bel para fora de casa, mas na hora da raiva e de saber que a filha havia seguido o mesmo caminho do dela a fazia machucar.
- isso que ouviu, nossa menina está em trabalho de parto. Marienie como deixou tudo isso acontecer, Harry é um irresponsável. – disse o homem um pouco alterado.
- Harry? Harry Styles? – perguntou Mary
- sim, Harry Edward Styles o garoto que engravidou nossa filha. – disse Aston olhando nos olhos de Mary, que no minuto que ouviram o nome de Harry se arregalaram, o garoto que parecia ser tão gentil e educado havia engravidado uma de suas filhas e fingia um namoro com a outra, Marienie não conseguia acreditar.
- Oh meu deus, Harry namora Taylor e não Annabel. – disse Marienie sentando ao lado de Benson, o homem ficou surpreso com a revelação.
- Você está me dizendo que Styles namora sua “filha” mais velha e que engravidou nossa garotinha? – perguntou Benson confuso.
- isso mesmo, faz exato um ano que Harry e Taylor estão juntos. – comentou Mary.
- eu mato aquele garoto. – falou Benson alterado, mas ele foi acalmando por Marienie.
- hei calma machucar o garoto não fara Bel voltar a ser a mesma sem um filho.
- aquele garoto é um atrevido, ele não deveria ter feito isso com minha princesinha, ela ainda é praticamente uma criança. – disse o homem olhado Marienie.
- ela tem a mesma idade de quando eu fiquei gravida dela, ela não é uma criança e se surpreenderia com o modo como ela sabe se virar, tenho que admitir ela é uma versão sua feminina, determinada, mandona e que odeia mentiras. – comentou Marienie arrancando sorrisos de Aston, que sorriu como bobo ao saber que Annabel era parecida com ele, e não podia se negar, Annabel era um copia fiel do pai em termos de modo de agir, eles era iguais psicologicamente.
- mas tenho certeza que ela deve ter herdado sua beleza. – comentou Aston tocando carinhosamente as bochechas de Marienie, fazendo assim com que a mulher fechasse os olhos e apreciasse o carinho, era tão bom saber que Aston estava ali novamente perto dela, assim Marienie se sentia protegida.
- é bom ter você de volta aqui. – sussurrou Mary.
- se tivesse aceitado minha proposta de anos atrás poderíamos ter cuidado de Annabel juntos. – comentou Aston com um pouco de lamento na voz, ele queria poder ter acompanhando cada evolução da filha, mas tudo lhe fora tirando, por conta de um medo de Marienie, ele sentia um pouco de ódio da mulher por tê-lo privado disso.
- você tem que intender, não seria certo eu criar uma criança vendo o seu trabalho, seria muito ruim para ela.- comentou Mary.
- o ruim para ela foi ter sido criada por John Tayler. – disse Aston irritado, o homem levantou e fitou Mary.
- seria muito pior se ela tivesse visto o pai dela matando pessoas.- disse Mary também alterada. Aston ofendeu-se com aquilo e por impulso acertou um tapa em Marienie, a mesma mal acreditou naquilo, Benson nunca havia lhe tocado assim, era a primeira vez que Aston batia em Marienie e aquilo havia a magoado muito.
O homem viu o que havia feito e logo se arrependeu tentou tocar em Mary e pedir desculpas, mas fora impedido e logo recebeu palavras de desprezo da mulher que amava.
- sai daqui, não quero lhe ver sai. – gritou Marienie a plenos pulmões, ela bufava de raiva, ela estava brava com Aston.
O homem saiu da casa virou-se e olhou Marienie pela ultima vez, a mulher tinha lagrimas no rosto o que só faziam a culpa de Aston aumentar. Logo a mulher fechou a porta deixando Benson ali do lado de fora a única opção cabível era voltar para a pousada em que estava hospedado.

As lembranças de Marienie se dissiparam assim que ouviu o som da voz de Taylor que a chamava freneticamente.
- mamãe, mamãe? – dissia Taylor, ouvir aquilo fez Mary se desesperar, a sua verdadeira filha não estava ali, sua filha estava num hospital dando a luz.
- cala a boca. – disse Marienie alterada, deixando Tay confusa.
- você está bem mamãe? – perguntou a garota.
- não me chama assim garota, eu não sou sua mãe. – disparou Marienie a Taylor q logo abriu a boca em um perfeito “O”. Notando o que havia dito Marienie fitou Taylor por alguns segundos e logo correu, pegou a chave do carro e saiu, ela se arrependera do modo que havia dito aquilo a Taylor, mas ela não aguentava mais tantas mentiras, ela não aguentava mais tratar a verdadeira filha com tanto desprezo e a filha ‘adotiva” com tanto amor e compreensão, mas aquela tinha sido a forma que Mary encontrou para não lembrar de Aston, desprezando Bel ela tentava não lembrar do único homem que ela havia amado.


Com o carro Mary percorria as ruas da cidade, ela queria ir até o hospital para ver a filha, mas sabia que Bel a desprezaria, então apenas ficou vagando pela cidade sem rumo, tentando assim esquecer-se dos problemas, que incluíam o amor que ainda sentia por Aston e sobre o fato de ter contando a Tay que não era a verdadeira mãe dela, a vida de Marienie havia se tornado todo o que ela havia evitado anos atrás, um caos, e que por ironia do destino Bel também passava, mãe e filha vivendo os mesmos problemas, Bel vivia um d’javu da vida da mãe, sem por e nem tirar era igual, estava amando um criminoso e estava tendo uma filha do mesmo. Irônico não?

Continua

Bom ai está mais um capitulo e eu espero que tenham gostado :)

Bom algumas pessoas vem questionando sobre quando sai o resultado do concurso de autoras, com o mesmo não tem data especifica, mas pretendemos dar o resultado no fim dessa semana, por é meio impossível hoje ou amanha e muito menos quarta por se tratar de véspera de natal e até mesmo o dito cujo, então no fim da semana estará o resultado aqui no blog.

Bom outra coisa que eu queria falar e que eu queria desejar um feliz natal para vocês e um ótimo e abençoado ano, boas festas para vocês suas coisas divas!!

Amanha é Bday do boobear AAAAA meu deus 22 anos, tá velho nosso bobão né? Ai que saudades do menino doido que gritava carrots e sentava na escada junto de mais quatro idiotas. Louis bundudo eu te amo seu idiota <33 :')
perfeito né?? :3

Continua com 8 comentários







9 comentários :

Maria Clara disse... Responder

Huehuehue.anciosa para o proximo capitulo :) voce escreve muito bem

Anônimo disse... Responder

cooontinuaaaaaaaaaa pf pf pf

✗ Batwoman ❅ Merry Christmas ✗ disse... Responder

Vish! Agora deu pena da Taylor
Continuaa

rayssa vasconcelos disse... Responder

Ai genteee cada vez maiis perfeito cara vou morrer com tanta perceiçao

Anônimo disse... Responder

Omg continua por favor,ta perfeito... <3

Anônimo disse... Responder

continua

Anônimo disse... Responder

continua

Anônimo disse... Responder

continua por favor

Anônimo disse... Responder

Meu Deus tu precisa continuar *--*

Postar um comentário