Truly, Madly, Deeply Capitulo 29 - Parte III - Halloween (2 temporada)



18:54
Eu já estava em casa,apenas esperando Jessie se vestir,eu não fiz nenhuma questão de me fantasiar,apenas vesti uma roupa que tentasse mostrar pra onde eu iria-uma festa de Halloween-bem,Grace neste exato momento estava falando o quanto o tal de Ed é lindo e fofo,eu apenas fingia estar ouvindo cada uma de suas palavras,mas na verdade estava tentando matar um zombie em um jogo de celular.
Grace: ANGEL!
Eu: Oi-respondi sem tirar os olhos do jogo.
Grace: Você ouviu o que eu falei?
Eu: Do Ed?-perguntei ainda vidrada no jogo.
Grace: Sim-deu um sorriso bobo-ele é ruivo e tem os olhos azuis!Ele toca violão...-revirei os olhos e voltei a atenção ao jogo,não que eu odiasse minha amiga,é que eu não me dou bem com gente apaixonada,elas tem mais sorte que eu!
Jessie: Vamos!-disse depois de logos e fúteis dez minutos.
Eu: Vamos,quem sabe chegamos a tempo de estourar os balões!-disse irônica.
Jessie: Ha ha,que engraçado!
Eu: Vamos Grace!
Grace: Vamos-disse levantando do sofá.
Fomos a pé mesmo,Grace e Jessie,disseram que iriam contar histórias de terror,mas não sei de onde eles tiraram Edward Cullen,e ai começaram a falar de versões humanas do namorado da Barbie que nunca vão olhar pra gente.Sabe quando tem duas ou mais amigas suas conversando na sua frente e você tá mais atrás se distraindo até com uma pedra?Pois é,eu estou assim!
Eu: Acabou com o assunto "Maridos perdidos que nunca vão voltar"?
Grace: Não!-bufei.
Jessie: Me diz que eles não são lindos!
Eu: Eles são,mas não como você falam.
Grace: É claro,você ficou cega por causa do Niall-disse com um riso debochado.
Eu: Ah Grace vai se fuder!-disse e elas riram.
Jessie: Mas é verdade!
Eu: Pelo menos eu não sou ilidida-Jessie me olhou.
Grace: Como assim?
Eu: Não sabe o quê,ou melhor,quem essa ai quer na cama nu?
Grace: Não-disse curiosa.
Jessie: Angel-me olhou furiosa.
Eu: Me perturba e vê se eu não conto!-disse andando na frente delas,a escola já estava bem ali,eram só mas alguns passos e daqui eu pedia ouvir a música alta.
Entrei na escola ignorando todos os olhares de pessoas fantasiadas sobre mim,eu acho que entrei muito durona,mas logo que vi todas aquelas pessoas e logo me escondi atrás de Jessie,a música estava muito alta,a decoração incrível,haviam várias pessoas dançando loucamente,algumas estavam quase bêbadas,nem parecia que a Mra. Wright estava presente na escola.
Logo que chegamos,dois garotos chamaram Jessie e Grace pra dançar,como sempre eu fiquei como segurança de bolsas,percebi uma pequena animação em um grupo de bêbados perto da porta de entrada,direcionei meu olhar para o lugar movimentado e vi Harry,Zayn,Liam,Louis e Niall saindo da multidão logo que vi o Harry acenando pra mim tentei desfaçar ou me camuflar,eu não queria ficar nem dez centímetros perto de Niall.
Harry: Oi Angel-tirei a bolsa da cara.
Eu: Oi -disse meio envergonhada.
Niall: Eu vou pra pista-disse e saiu,assim pude respirar aliviada.
Zayn: Então...Por que não tá dançando?
Eu: No momento estou trabalhando como segurança de bolsas-disse e eles riram.
Louis: Deixa isso ai!
Liam: É vamos dançar!-olhei pra pista que agora estava mais lotada e em seguida olhei ora cada um dos meninos.
Eu: Por favor não me deixem sozinha-disse me levantando e eles cantaram vitória.
Zayn: Não vamos minha linda!-disse colocando um dos braços em cima do meu ombro e me dando um beijo na bochecha.
Fomos pra pista que estava super lotada,Londres estava muito fria,mas aquele lugar estava pegando fogo!


Olá,como vão?Bem,desculpa a demora,é que eu tive que apagar todos os capitulos já prontos,eles não estavam me agradando por isso eu vou demorar pra postar,talvez eu post amanhã,beijos.

4 comentários :

Isabela Antunes Rodrigues disse... Responder

Continua!!!!!!!!!

Anônimo disse... Responder

Ta toooooooooooop continua

Anônimo disse... Responder

Continua to in love com a fic!!!!

Anônimo disse... Responder

To adorando continua!!! So acho que v ta demorando um pouquinho p a angel resolver c o nial.....mas mesmo assim adoro sua fic

Postar um comentário