Irresistible Capitulo 9 - Eu agora sei que te amo... (2ª temporada)



[...]

- bom esse é o momento que eu digo seu filho de vocês é um menino ou uma menina. – disse o Dr.Medley com alguns papeis em mãos, junto um envelope com as fotos da ultrassom que Bel havia feito alguns minutos atrás.
- então doutor...? – perguntou Harry um pouco nervoso.
- bom é...uma menina. – disse o medico sorrindo entregando os papeais a Bel, a mesma pegou o amontoado de folhas e olhou Harry, o rapaz tinha um lago sorriso nos lábios ele não acreditava que seria pai e ainda mais de uma menininha, a sua princesinha.

[...]

- Ainda não acredito que é uma menina. – balbuciou Bel sorrindo, enquanto Harry dirigia serio, ele podia não demostrar, mas estava muito feliz em saber que teria uma filha.
De momento Harry olhou bel vendo a mesma com um belo sorriso nos lábios, a garota parecia realmente feliz com aquilo e Harry não podia dizer que não estava também, ele teria sua princesinha, Styles apenas não demostrava o quão feliz estava, para Harry era difícil lidar com aquele sentimento, pois em toda a sua vida as únicas mulheres a quem amou fora sua mãe e sua querida irmã Gemma, mas agora havia Bel e a pequena princesa que a garota carregava em seu ventre.


[...]

- não precisa me levar até o apartamento. – disse Bel assim que Harry ultrapassou o perímetro urbano de Conllinsville.
- não irei deixa-la caminhar, você está gravida de uma filha minha. – disse Harry serio e por segundos fitou Bel, a mesma estava encolhida por conta do frio.
-há um casaco no banco de trás. – comentou Harry notando que Annabel estava com frio.
Bel nada disse apenas virou-se e pegou o groso casaco, vestiu o mesmo e se aconchegou para poder se aquecer, o agasalho tinha o cheiro de Harry, um cheiro que fazia bel lembrar-se dos campos de trigo de Montana onde a falecida avó paterna vivia, um cheiro que proporcionava a Bel boas lembranças.

Harry fitou a garota se aconchegar em seu casaco, e aquela cena o fez lembrar de algo, um lembrança que não fazia nada bem a ele.

Flashback on

- por que gosta tanto desse lugar pequeno Harry? – perguntou Anne, mãe do pequeno Styles, o pequeno se encontrava em baixo da cama, ela sempre assim que ele se encontrava em noites de temporais.
- aqui é seguro mamãe. – balbuciou o pequeno Harry.
- mas não acha que deitado quentinho debaixo das cobertas não seja mais seguro, meu pequeno? – perguntou Anne, pegando Harry debaixo da cama e o aconchegando em seu colo, o pequeno garotinho estava um pouco gelado, era noite de inverno e em Holmes Chapel e como sempre eram frias e tão tristes.
Anne deitou o filho na cama e logo se se aconchegou ao lado dele, harry com as orbes verdes olhava cada movimento da mãe. Já deitada Anne começou a afagar os cabelos do garotinho e cantar uma musica dos Beatles a preferida de Harry, Blackbird.

Pássaro Negro que cantas no morrer da noite
Pegue estas asas quebradas e aprenda a voar
A vida toda
Você só estava esperando este momento para decolar.

Pássaro Negro cantando no morrer da noite
Pegue estes olhos fundos e aprenda a enxergar
A vida toda
Você só estava esperando este momento para ser livre.

Pássaro Negro, voe. Pássaro Negro, voe
Para o clarão da escura noite.

Aos poucos Harry sentia os olhos pesarem, ao colo da mãe ele se sentia protegido e a chuva forte era ignorada, ainda mais quando ela cantava essa musica.

Flashback on

Harry sempre gostara da letra e da melodia da música, agora as palavras cantadas por os quatro garotos de Liverpool faziam todo o sentido, a letra daquela musica parecia ter sido escrita para Harry, ele era o pássaro negro que tinha que voar, mas Harry só não sabia ainda para onde “voar”.

Perdido em devaneios Harry fora surpreendido quando Bel disse que ele já podia parar, se mais alguns minutos perdido em lembranças Harry não pararia.
- aconteceu algo Harry? – perguntou Bel notando que o rapaz estava um pouco diferente.
- não. – disse ele rude como Bel já estava acostumada com aquela falta de educação de Harry apenas deu de ombros e foi tirando o casaco de Harry.
- o que está fazendo, está ventando e garoando, fique com ele. – disse Harry advertindo ela, Bel apenas fechou o casaco novamente e abriu a porta, mas antes de sair do carro ouviu Harry a chamar.
- Bel, mais tarde a venho buscar precisamos ter um conversa. – disse ele sem fita-la.
- conversar sobre o que? – perguntou a garota.
- mais tarde você saberá. - Disse ele fitando Harry Bel notou que os olhos do rapaz estavam cheios de lagrimas, Bel não entendia o porquê daquilo, o que sabia era que Harry não estava bem. Em uma ato de proteção Bel abraçou o garoto, afagou o cabelo do mesmo e disse.
- eu não sei exatamente o que está acontecendo, sei que você não irá me contar, mas quero que saiba de uma coisa, eu o amo, eu o amo muito e sempre vou estar aqui se precisar apenas deitar no meu colo para pensar, eu sempre vou estar aqui, não precisa me contar nada só intenda que sempre vou estar aqui.
Harry abraçou o corpo de Bel forte, aproximando mais de si, largou um lagrima, mas que logo foi limpa, ele sentia-se protegido ali igual como se sentia nos braços da mãe ou embaixo da cama, Bel era uma espécie de porto-seguro, o porto-seguro de Harry, e agora ele sabia disso, então como um passe de magica, as letras da musica fizeram sentido, Harry, o pássaro negro devia voar, voar para Annabel, pois ela era a vida, a luz do pássaro, a luz de Harry.

A vida toda
Você só estava esperando este momento para decolar.

Para Harry agora tudo fazia sentindo, ele apenas precisava passar tudo o que havia passado, a morte da mãe, o sequestro da irmã, a entrada na agencia, a vinda para os estados unidos, tudo isso no final teve o resultado do encontro dele com sua Luz, Annabel.

A vida toda
Você só estava esperando este momento para ser livre.

Pássaro Negro, voe. Pássaro Negro, voe
Para o clarão da escura noite


-eu amo você Annabel. – disse Harry, Bel mal acreditou no que ouviu, se distanciou de Harry e notou o que o garoto derrubava algumas lagrimas, e o mas impressionante sorria, ele tinha um sorriso verdadeiro nos lábios, algo que bel nunca virá. Bel não teve outra reação a não ser beija-lo, o beijo mais apaixonado e fervoroso que já deram, por que aquele beijo era movido a amor, um complicado, mas verdadeiro amor.


Hey babes eu primeiramente queria pedir desculpas por não ter postado e que passei quase que o final todo sem luz, e sem nada, muita chuva aqui, e só deu pra postar hoje, eu escrevi todo esse capitulo ontem de tarde, esta sem luz e não tinha como postar no pc escrevi a mão mesmo, eu espero que tenham gostado e que comentem. PS; a luz só voltou hoje as 11:00 am foi duro esse fim de semana hahahahha

PS: Participe do grupo da fanfic no Facebook, lá você encontrara novidades da fanfic, os outros leitores, frases relacionadas a fic, e fotos and more..(participe)


Continua com 8 comentários





13 comentários :

Anônimo disse... Responder

pfto

Anônimo disse... Responder

amei

Anônimo disse... Responder

continua hj

Anônimo disse... Responder

posta hj

Anônimo disse... Responder

ah cara,q pfto

Anônimo disse... Responder

e a taylor O.O

Anônimo disse... Responder

aaaaaaaaaaaan

Anônimo disse... Responder

aaaaaaaah
inlove

Anônimo disse... Responder

Aaaaaah, vc seguiu minha ideia (eu acho ushus') é uma menininha, a princesinha do Harry *-* to taao feliz. Poosta mais !

Batwoman † disse... Responder

Awween *------------*
Tem coisa mais fofa?
Amando a fanfic,demais!
Continua logo,quero saber o nome da princessa Styles *3*

Anônimo disse... Responder

MDS TEM COMO FICAR MAIS PERFEITOOO ?

Mari disse... Responder

Ainww que lindo posta outro logo porfavor ta perfeito *------------*

melia disse... Responder

awwww txi lindo caraaaa

Postar um comentário