Irresistible Capitulo 5 - Manha de outono.. (2ª temporada)


Que vantagem têm os mentirosos? A de não serem acreditados quando dizem a verdade. 
                                                                                            - Aristóteles

Já se passava de seis da manha de sábado, Bel não parecera em casa na noite passada e isso preocupava Emily que passara a noite em claras tentando localizar a amiga, mas todas as tentativas foram fracassadas, Bel parecia ter desaparecido, mal sabia Emily que bel estava nos braços da pessoa que ela prometeu nunca mais amar, mas como não mandamos no nosso coração, Bel estava com Harry.
  
Na cabana no mirante Conllinstown, Bel dormia tranquilamente enquanto era observada por Harry, nada havia acontecido ontem além de beijos e carinhos, mas Harry não podia negar que aquela noite havia sido perfeita, era apenas ele e Bel curtindo aquele momento, esquecendo-se de Taylor, dos assassinatos, da policia que poderia descobrir quem era o verdadeiro “serial killer”, era apenas Bel, Harry e o amor deles. E isso fazia Harry pensar que ele realmente amava Bel, e estava cada vez mais difícil negar isso a si mesmo, a qualquer momento ele não aguentaria mais guardar aquilo e gritaria para quem quisesse ouvir o quando Annabel era importante, mas ele ainda tinha tempo para pensar sobre tudo, seu limite estava próximo, mas ele tinha um pequeno espaço de tempo.

Bel remexeu-se na cama e Harry parou de fita-la, se ajeitou na perto da janela onde estava escorado e olhou para a parte de fora da casa.
A garota virou-se ficando de barriga para cima fitou o teto relembrando a noite passada, ela realmente fora verdade ou era tudo um sonho, mas quando bel passou o olhar pelo quarto onde estava notou que realmente tudo aquilo fora verdade, ela e Harry tiver uma noite juntos, mas sem sexo, apenas carinhos que ao ver dela eram sinceros.
- bom dia. – disse Harry assim que Bel o olhou, a garota sorriu e sentou-se na cama dizendo.
- bom dia, que horas são?
- são quase sete. – disse Harry voltando olhar para fora, o pátio tinha folhas caídas, sinal de que o outono estava forte, podia se notar também um vento que mexia a copa das árvores que se entravam já quase sem folhas.
- eu estou atrasada. – disse Bel pulando da cama.
- atrasada para que? – perguntou Harry confuso virando-se e encontrando Bel correndo pelo quarto parecia procurar por algo, a roupa talvez, pois a garota se encontrava penas com uma camisa branca de algodão de Harry.
Bel parou de súbito de correr pelo quarto, ela não havia contando a Harry sobre estar trabalhando, mas se surpreendera ao saber que ele não havia escutando de alguém da cidade, aquela cidade podia ser no fim do mundo, mas todos os fofoqueiros do mundo moravam ali e noticias como a de bel interessavam muito a beatas fofoqueiras que frequentavam a igrejas quase que todos os dias, devia ser para pedir perdão por serem tão enxerida na vida dos outros.

- Então bem está atrasada para ir aonde? – perguntou Harry um pouco grosso.
Annabel respirou fundo largou a sua calça que havia encontrado sobre a poltrona e fitou Harry.
- eu estou trabalhando. – disse Bel simplesmente, ela viu Harry franzir a testa e transformar o olhar de um tom claro para um tom mais escuro, como se a raiva o consumisse.
- você não pode trabalhar. – disse ele.
- como não? – perguntou Bel confusa.
- você está gravida. – disse ele olhando bem fundo nos olhos.
- isso não é uma doença Harry, eu preciso de dinheiro. – disse Bel voltando a colocar a calça que antes fora deixada de lado.
- se é por conta do dinheiro, não se preocupe posso te dar uma quantia por mês. – disse Harry caminhando nervoso pela sala.
- Não quero seu dinheiro, não quero depender de você. – disse Bel terminando de colocar a blusa e logo buscou pelo sapato, logo o achando e o calçando.
- e não quero você trabalhando...- ele se aproximou de Bel e a puxando para ficar em pé. – dá pra parar e me ouvir?- pediu Harry.
- eu não tenho tempo. – disse Bel pegando sua bolsa e saindo dali, eram alguns minutos de caminhada ate a cidade, mas quando chegasse a fazenda da viúva Madeleine ela legaria para Emily a vir buscar.

[...]

- o que estava fazendo naquele fim de mundo? – perguntou Emily assim que estacionou o carro no estacionamento da lanchonete.
- depois eu te conto, agora precisamos trabalhar. – disse Bel saindo do carro, sendo acompanhada pela amiga.

- tudo bem, mas quero saber de tudo, tudo mesmo. – disse Emily, Bel apenas assentiu, ela sabia que não podia esconder nada da amiga afinal quem mais a ajudara fora Emily então ela merecia a verdade, mesmo que essa fosse a deixar um pouco zangada, pois na opinião de Emily Harry não era uma boa pessoa, em certos pontos Emmy estava certa.


hey meu babes o que acharam?? Capitulo bom?? Harry anda amolecendo ou é impressão minha? será a criança?? Será que é verdade essa "doçura" dele? Comentem minhas (meus) divas (os) lindas (os)

PS: Participe do grupo da fanfic no Facebook, lá você encontrara novidades da fanfic, os outros leitores, frases relacionadas a fic, e fotos and more..(participe)

Continua com 10 comentários...


10 comentários :

Luiza Fernandes disse... Responder

continua pfpfpfpfppfpf!!!!!!!!!

Andre Morette disse... Responder

Como sempre muito bom linda!! Continua logo!!! ;)

Anônimo disse... Responder

Perfect continua please

Anônimo disse... Responder

coooooooooontinua

Anônimo disse... Responder

mt boooomm, continua

rayssa vasconcelos disse... Responder

Nossa nana q cap perfeito, e nao liga pra esaa gorota vei ela ta mó loca

melia disse... Responder

Aff Tava Ansiosa Por Esse Capitulo Ainda Bem Que Vc Ja Postou Eu Simplesmente Amooo Suas Fics Ja Li More Than This Love Is Real I Love You Smile Little Things E Agora Estou Encantada Com Irresistible Amoooooo

Anônimo disse... Responder

ai flor q fic perfeita continua pfvr :)

Batwoman † disse... Responder

Amei *u*
Harry coração de manteiga ><
Continua logo!!

Anônimo disse... Responder

Que imagine perfeito,continuaaaaaa!!!

Postar um comentário