Truly Madly Deeply Capitulo 09 - Bolinho de arroz



 Senhorita, acorde – uma voz masculina soou em meus ouvidos, abri os olhos devagar e vi o motorista – Chegamos – sussurrou.
Eu: Ah, muito obrigada! – despertei.
  De nada! – disse e deu as costas saindo dali.
Eu: Niall? – dei um empurrão de leve.
Niall: Hum, o que? – disse ainda com os olhos fechados.
Eu: Acorda, chegamos. – assim que terminei a frase ele abriu os olhos devagar. Sorri. Niall passou as mãos nos olhos e levantou-se do meu colo balançando a cabeça – Vamos! – levantei e ele veio junto – Obrigada! – acenei para motorista, que fez o mesmo.
Ao sair do ônibus senti como se minha pele estivesse congelando. O céu estava cinza, com certeza choveria ou pior, nevaria. Olhei para Niall e notei que suas bochechas estavam mais rosadas que o normal.
Niall: Que frio! – disse com a voz trêmula enquanto botando as mãos no bolso.
Eu: Ué, você não é acostumado com o frio? – disse com uma voz trêmula. Meus queixos batiam de tanto frio, fazendo com que meu corpo tivesse com calafrios.
Depois de apenas alguns minutos andando e com frio, chegamos ao hospital. A primeira coisa que avistamos foi o Zayn com a mão na barriga e dois doidos se batendo, deduzi que aqueles eram Harry e Louis. Liam estava sentado perto de Zayn tentando fazer com que Louis e Harry parassem de se bater.
Eu: São aqueles ali? – disse apontando com a cabeça.
Niall: Que vergonha! – disse dando um risinho.
Entramos e fomos direto para onde Liam, Zayn e os dois malucos estava,m sentados. Louis e Harry já haviam parado de se bater.
Niall: O que diabos aconteceu? – perguntou pra Liam.
Liam: O Zayn está passando mal, acho que bebeu demais! – disse passando a mão nas costas de Zayn.
Zayn: Eu não ‘tô bêbado, eu só bebi vodca – disse com uma voz embriagada e eu ri – tá rindo de que nojenta?
Eu: De você que não consegue nem ir pra uma festa sem passar no hospital – disse enquanto colocava as mãos nos bolsos.
Zayn: Nossa que engraçado – sorriu irônico.
Niall: O médico já veio falar com vocês?
Liam: Já, mas uma senhora...
Louis: Ei, você é um bolinho de arroz? – perguntou entre soluços.
Liam: Não – disse desconfiado.
Louis: Eu sou um bolinho de arroz.
Harry: Eu também sou um bolinho de arroz! – gritou Harry, não resisti e comecei a ri.
Louis: E você menina, é um bolinho de arroz? – disse com uma voz fininha
Eu: Eu sou um bolinho de arroz – disse imitando ele.
Harry: Eu também.
Liam: Tá bom acabou com essa história de bolo de arroz.
Niall: Eu queria um bolo de arroz agora – passou a mão na barriga.
Eu: Você não é o único com fome, se você tivesse me deixado comer aquele bolo de chocolate com...
Niall: Tá bom! – implorou.
Liam: Você encontrou uma parceira de comida? – perguntou sorrindo e as bochechas de Niall ficaram mais vermelhas, eu apenas  soltei uma risada.
Depois de alguns minutos o médico veio atender Zayn, Liam foi com ele. Deu pra perceber a cara de decepção do médico quando eles adentraram no consultório. Quem gosta de atender bêbados? Enquanto o Liam e Zayn estava lá dentro, eu e o Niall tivemos que aguentar as piadas sem graça do Louis, que eu sempre acabava rindo igual uma idiota, e os comentários de Harry relacionados a mim e Niall. O Niall disse para não me preocupar, ele é assim mesmo, mas era meio que impossível não ligar pra aqueles comentários idiotas!
Harry: O que vocês estavam fazendo sozinhos hum? – disse devagar.
Niall: Não liga pra ele – sussurrou.
Eu: Tudo bem – disse baixinho.
Louis: Quem fofoca o rabo espoca.
Harry: Você que tem rabo! – forcei o riso.
Louis: Quem tá perguntando quem tem rabo aqui? – disse se levantando e Niall foi segurar ele.
Niall: Pera ai cara! – ri – senta aqui – botou ele de volta na cadeira e se sentou também – eu não sirvo pra isso! – disse abaixando o capuz da blusa dele.
Eu:  – ri – será que aqui tem lanchonete? – ele levantou o capuz devagar e eu ri.
Niall: Quer ir lá ver?
Eu: Nós não podemos deixar eles aqui – apontei pra Louis e Harry que estava dormindo um sobre o outro, como isso é possível em menos de 3 segundos!.
Niall: Eles tão dormindo – disse rindo.
Eu: Se eles acordarem são capazes de quebrar o hospital todo!
Niall: Vamos – senti seus dedos frios entrelaçarem os meus e meu coração acelerar.
Eu: Tudo bem – respondi com uma voz doce, o coração de manteiga retorna!

4 comentários :

Anônimo disse... Responder

Uhu primeira a comentar e adorei perfect continua

Grazy disse... Responder

Continuaaa!

Anônimo disse... Responder

coontinuuuaaa perfect !!!!

Naiéle Piber disse... Responder

Continuaaaa :)
Já fiz o que tu pediu flor

Postar um comentário