Truly, Madly, Deeply – Capítulo 3 – Lombriga Anoréxica



 Quem esse garoto pensa que é? Só por que ele tem olhos irresistíveis que são impossíveis de... O que eu estou falando? Ele me paga!
Fui correndo atrás de Zayn, tinha que desfazer aquela aposta imediatamente!
Eu: Zayn – cutuquei-o.
Zayn: Agora não – disse entre os dentes, percebi que ele falava com uma garota.
Eu: Fale comigo depois, vou desfazer essa aposta – sussurrei enquanto disfarcei arrumando o meu cabelo.
Zayn: Não pode, depois eu falo com você – sussurrou entre os dentes.
Saí disfarçadamente e fui até o banheiro, fiquei me olhando no espelho e pensando como eu iria resistir aqueles...
Eu: Argh cala a boca! – disse e em seguida passei a água fria no rosto – eu não posso achar aquele imbecil bonito-disse olhando para o espelho, quando ouço a porta abrir.
– Olha só a nerd! – disse uma voz feminina, virei rapidamente, mas respirei aliviada quando vi Grace.
Eu: Ah, vai começar – suspirei virando de volta ao espelho – eu já disse que meu nome não é nerd – disse arrumando meu cabelo em um rabo de cavalo.
Grace: Eu gosto de te chamar assim – disse enquanto lavando as mãos.
Eu: Eu não chamo você de falsa – ironizei.
Grace: Como a Jessie 'tá? – sorriu.
Eu: Não muda de assunto.
Grace: Eu não... – arqueei a sobrancelha – OK – revirou os olhos – não te chamo mais de nerd.
Eu: Grande coisa – revirei os olhos
Grace: Vai responder a minha pergunta ou não?
Eu: Ela tá bem – ela suspirou aliviada – Você também foi pra festa?
Grace: Sim – suspirou – foi o máximo – deu um gritinho fino e baixo.
Eu: Você sabe se ela veio pra escola? –  abri a porta do banheiro.
Grace: Ela é sua irmã e você não sabe? – disse me acompanhando.
Eu: Eu sempre saio antes que ela – disse andando – Hey! – ela me olhou – você está andando comigo no corredor? O que aconteceu suas amigas foram embora de novo?
Grace: Eu vim perguntar sobre a Jessie.
Eu: Sabia que isso doí? – Grace me olhou – É difícil saber que eu tenho uma amiga que sente vergonha de mim – dei um riso irônico.
Grace: Eu vou pra aula, Ok? – ignorou-me.
Não respondi, sai dali imediatamente. Por que minha vida é assim? Pelo menos eu tenho o Zayn e a Jessie, entrei na sala de aula e como sempre todos me olharam, riram e fizeram aquelas piadinhas de merda, me sentei e fiquei pensando um pouco. Ignorando o querido professor.

[...]
As aulas finalmente acabaram, descobri que Jessie nem pisou na escola hoje, acho que ela pensou duas vezes na minha proposta, mas a minha pergunta é: será que ela vai conseguir fazer uma segunda chamada do teste? Se ela não conseguir meu plano todo vai por água a baixo, pensando nisso dei meia volta e voltei pra escola, vou falar agora com a professora de Espanhol. Sai correndo em direção à sala dos professores, eu perdi a conta de quantas pessoas eu esbarrei, sei apenas que finalmente cheguei à sala dos professores, parei pra respirar um pouco e abri a porta da sala. Todos os professores encravam a garota ofegante e descabelada – eu.
Professor: O que você esta fazendo aqui? – perguntou enquanto bebia café.
Eu: Você sabe onde a professora de espanhol está? – disse pausadamente e ofegante.
Professor: Professora de espanhol? – assenti – Ela está na cantina – disse e começou a comer um bolo ou torta, sei lá. Suspirei fundo e voltei a correr. As pessoas me olhavam e caiam na risada, nem eu entendo o motivo da correria.
Professora: O que aconteceu garota? – disse assustada assim que entrei na cantina quase caindo.
Eu: Professor eu... – respirei.
Professora: Você...? – passou a mão na minha costa – Fale logo!
Eu: Eu vim perguntar se a senhora poderia fazer uma prova de segunda chamada pra Jessie, ela estava com muito enjoo, – menti – dor de cabeça e precisava descansar.
Professora: Eu sei muito bem por que ela está assim – voltou a corrigir as atividades.
Eu: Sabe?
Professora: Sei, ela e outros alunos foram ontem a noite na minha casa. – arregalei os olhos – E encheram-na de papel higiênico, ovos e ela me chamou de lombriga anoréxica – segurei o riso, mas depois pedi desculpas.
Eu: Desculpa – disse séria.
Professora: Ela e o Louis estavam dirigindo palavras de baixo calão a mim! – o Louis?
Eu: Molly, esse teste é muito importante pra Jessie, se ela tirar uma nota baixa eu sofro as consequências! – a professora encarou-me por alguns minutos e disse:
Professora: Não – levantou-se e pegou seus pertences.
Eu: Por favor! – disse pegando na barra da blusa dela e fazendo uma cara de cachorro que caiu da mudança.
Professora: Sinto muito, acho que você vai ter muito trabalho – disse e foi embora.
Eu: Lombriga de anoréxica – disse baixo e com os braços cruzados, meu plano todo foi embora no ralo, levantei-me do banco e andei devagar, não acredito que iria passar uma semana com o Niall, é o fim do mundo. Vamos Angel pensa! O que mais eu posso fazer contra Zayn e Niall? Minha barriga contorcia-se de fome, preciso de comida. Apressei meus passos e em um piscar de olhos já estava em casa, nem peguei ônibus. Abri a porta e joguei a mochila em cima do sofá.
Eu: Alguém aqui? Jessie? – andei até a cozinha – Jessie? – abri a geladeira – Onde ela está?
– Ela deve estar dormindo até agora – pensei.
Peguei a pasta de amendoim e comecei a fazer um sanduíche.

7 comentários :

Anônimo disse... Responder

Ameeeei <3'

Rachel Batista disse... Responder

continuaaaaaaaaaaaaa

Isabela Antunes Rodrigues disse... Responder

To amando a fic!!! Continua 💟💟💟

Anônimo disse... Responder

Posta loggoo!

Isabela Antunes Rodrigues disse... Responder

Vo comentar + uma vez so para vc continuar! So p vc ver quanto desesperada eu to! Continua liamda!!! Malikisses & Horanhungs

Anônimo disse... Responder

Leitora nova e sem conta aqui !!!
Eu tô amando a fic continua a liamda
xPamela

pequenas sonhadoras disse... Responder

ai continua logo pfv to super ansiosa

Postar um comentário