Irresistible Capitulo 23 - I'm Alone (Penúltimo Capitulo da 1ª temporada)


Annabel acordou no meio da noite com o som irritante de seu celular, que berrava altamente o toque de chamada, Bel logo pegou o aparelho e olhou a tela, na mesma tinha o nome de Taylor, a garota observou a hora no canto esquerdo da tela e eram quatro da manha, Bel estranhou a irmã ligando aquele horário, se ela tivesse ligando devia ser lago muito urgente, então Bel logo atendeu.
- Annabel onde você está? – perguntou Tay com a voz embargada assustando um pouco Bel.
- hã...-disse Bel pesando em uma desculpa.
- quer saber não importa só venha para casa, aconteceu algo terrível com o papai. – disse Taylor em um soluço.
- o aconteceu? – perguntou Bel pulando da cama assustando Harry que sentou na cama e fitou Bel em pé com o telefone no ouvido.
-só venha para casa eu te conto tudo quando você chegar. – disse Taylor e logo desligou o telefone deixando bel sem explicações, a garota já podia sentir as lagrimas se formando e o coração apertando, ela sabia que algo muito ruim havia acontecido com seu pai, e ela sentia uma pequena culpa, mas não sabia ao certo pelo que.

- aconteceu alguma coisa? – perguntou Harry virando Bel, a garota se virou e disse pegando sua calça sobre a poltrona.
- eu preciso ir, mas tarde nos falamos.
Bel terminou de colocar o calçado e saiu apresada para fora da casa, entrou em seu carro e rapidamente o ligou, precisava chegar o mais rápido possível em casa.


[...]

Bel assim que estacionou o carro saiu do mesmo e correu rapidamente para dentro de casa encontrando a mãe e a irmã sentadas no sofá, Marienie chorava e era amparada por Mack ao lado do homem estava liam, o mesmo olhava cena quieto. Quando Marienie notou Bel pulou do sofá e correu ate a filha a abraçando forte.
- oque aconteceu mamãe? – perguntou a garota já sentindo os olhos marejarem, ela sabia que boa noticia não era, sua mãe estava aos prantos e Bel nunca havia a visto daquele jeito.
- seu pai minha querida. – disse Marienie mal podendo pronunciar as palavras.
- seu pai morreu Annabel. – disse Mack com um olhar de pena para a garota.
- Como? Não pode ser. – disse Bel deixando as lagrimas rolarem, ela sentiu as pernas fraquejarem e se viu caindo no chão ajoelhada sendo amparada por Liam que a levantou e a abraçou afagando os cabelos da mesma sussurrando palavras de incentivo para a garota.

Naquele momento bel não conseguia bancar a durona, seu herói havia morrido, e as ultimas palavras ditas a ele foram horrível, Bel desejou que ele morresse e se culpava por ter dito aquilo, mas como sempre a raiva a fez falar de mais e agora ela não podia pedir perdão a ele. Ela se sentia uma ingrata, pois ele havia dedicado dias da vida dele a ela e a mesma retribuirá todo aquele carinho com palavras duras que agora ele levaria para o tumulo, pensar nisso deixava Bel mais fraca e com vontade de socar a cabeça na parede ate abrir um buraco no crânio.

[...]

Já se passava das oito da manhã, todos estavam no velório de John Tayler, Bel se encontrava sentada em uma poltrona no canto da sala da funerária, ao seu lado estava liam, o mesmo tinha um dos braços sobre o ombro da garota e a mesma se encontrava com a cabeça deitada no peito do rapaz, o que mais Annabel precisava naquele momento era de um pouco de conforto e carinho e liam estava lhe proporcionando aqui, o que a fazia a se sentir um pouco melhor.

O corpo de John se encontrava no meio do salão em um cachão de madeira num tom marrom, o cadáver estava bem vestido, um terno e gravata de alta costura, algo exagerado para um cadáver que daqui algumas horas seria enterrado, mas Marienie fizera questão do marido estar apresentável, mesmo sendo para seu velório.

Bel observou todo o local e logo pode avistar Harry entrando pela porta, o rapaz usava um blazer preto acompanhado de uma calça jeans de lavagem escura, um coturno nos pés e o cabelo como de costume em um bagunçado sexy, Bel deu um leve sorriso ao lembrar que já o vira nú, e que nada nele era deprimente ou fora do lugar, ele era perfeito.
Harry fitou todo o salão ate encontrar os olhos de Bel sobre ele, ele se alegou em pensamento, mas não esboçou nenhum sorriso, mas logo algo o desagradou, Liam estava ao lado de Bel e a segurava fortemente em seus braços, ver aquilo causou uma pequena raiva em Styles, mas ele nada podia fazer, Bel não nada além de cunhada dele.
- Harry. – disse Taylor se abraçando a ele, fazendo o mesmo parar de encarar Bel e fitar a menina loira que o abraçava.
- oi loira, eu sinto muito – disse Harry beijando o topo da cabeça de Tay.

Tay agradeceu e beijou Harry levemente nos lábios e puxou o rapaz para um canto perto de Marienie e Mark, enquanto era puxado Harry olhou de relance para o cachão e lembrou-se que ele havia causado isso tudo, em misero segundo ele se sentiu mal, mas logo deixou isso para lá e seguiu Taylor como se nada havia acontecido, como se ele tivesse apagado o fato de que ele era o assassino de John Tayler.

Hey mais um capitulo pra vocês, esse é o penúltimo da primeira temporada. Espero muito comentários para mim postar o ultimo se tiver no minimo 6 comentários ate a 6:00pm eu posto outro.

PS: Participe do grupo da fanfic no Facebook, lá você encontrara novidades da fanfic, os outros leitores, frases relacionadas a fic, e fotos and more..(participe)

Me siga no twitter, sigo todos de volta é só dizer (segue aqui)

Continuo com 6 comentários




10 comentários :

Thais Avelar disse... Responder

Meu Deeus, que perfeito! Amo demais a sua fic Nana
Tadinha da Bel, até da Taylor eu to com dó agora
Continuaa!

Luiza Fernandes disse... Responder

coitadinha da Bel!!!
continua pfpfpfpfpf!!!!!

Thais disse... Responder

Mds, coitada, ela vai descobrir?

Anônimo disse... Responder

continua

Anônimo disse... Responder

chorei :x

Anônimo disse... Responder

Mds, ta perfeito continua

Anônimo disse... Responder

Amei, posta hj

Anônimo disse... Responder

Ai cara, divou esse ep.

rayssa vasconcelos disse... Responder

OMG!! Cada vez mais perfeito, Continua flor pfv

Ariane Braga disse... Responder

Que pena de todos, principalmente do Harry.

Postar um comentário